Banner 468x60
Banner 180x60
Boa noite.
Quarta-Feira, 18 de Outubro de 2017.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


 

Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes

 
 
Contraproposta dos músicos da OSB pede saída de Minczuk (18/4/2011)

Está marcada para hoje, segunda-feira, a reunião do conselho da Fundação OSB que deliberará sobre a contraproposta apresentada na última sexta-feira pelos músicos demitidos. No último ponto de suas reivindicações, os músicos demitidos pedem a saída do maestro Roberto Minczuk: “Considerando a grave crise de relacionamento existente entre o atual regente titular e os integrantes do corpo orquestral, fruto da inabilidade no trato com os profissionais sob seu comando e da evidente incapacidade de gerenciar questões relacionadas ao dia-a-dia do conjunto, solicitamos o afastamento definitivo do Maestro Roberto Minczuk das suas funções de Diretor Artístico e Regente Titular”.

Leia a seguir inicialmente o documento conjunto firmado pelas duas partes na primeira reunião de conciliação realizada em 8 de abril. Na sequência, a contraproposta com a posição dos músicos e suas reivindicações.

Proposta elaborada em conjunto pela Fundação OSB e os músicos em reunião do dia 08/04/2011:

O presidente da Fundação OSB, Eleazar de Carvalho Filho, convidou os 32 músicos demitidos para um encontro na última sexta-feira, dia 08/04, em uma nova tentativa de conciliação. Cinco compareceram à reunião, que durou cerca de 5 horas e que contou também com a presença do conselheiro da Fundação David Zylberstajn. O diálogo possibilitou a elaboração de uma proposta conjunta, que foi levada para apreciação do Conselho da Fundação e dos músicos que não estiveram presentes. Abaixo os cinco pontos levantados na proposta feita pelas duas partes:

1) Demissões são convertidas em suspensão de três dias mediante novas avaliações, que ocorrerão em junho e serão adaptadas para um formato de música de câmara.  Os músicos formarão seus próprios conjuntos e escolherão peças de uma lista de compositores, do clássico ao contemporâneo, fornecida pelo maestro.  Eles apresentarão dois movimentos contrastantes para uma banca composta pelo maestro, o chefe de naipe e três convidados externos escolhidos pelo maestro.  As avaliações continuam sendo obrigatórias e ocorrerão em junho.

2) Músicos profissionais retornam às funções anteriores e realizam a programação do primeiro semestre no lugar da OSB Jovem

3) Manutenção das funções da OSB Jovem

4) A adesão ao novo regimento interno, submetido para apreciação da Comissão de Músicos em fevereiro, será facultativa. Os que desejarem mudar para o novo sistema vão aderir à nova remuneração.  Aqueles que não quiserem migrar podem permanecer no regimento atual, mantendo os salários hoje praticados.

5) Nada muda para os músicos que já foram avaliados, mantendo-se as promoções que ocorreram.

Documento apresentado em 15/04/2011 com a contraproposta dos representantes dos músicos demitidos:

No dia 08/04/2011, os representantes dos músicos demitidos por esta Fundação, atendendo à convocação do Presidente do Conselho Curador, Dr. Eleazar de Carvalho Filho, reuniram-se com o próprio e o conselheiro David Zylbersztajn. O objetivo seria estabelecer critérios que viabilizassem a readmissão dos 33 músicos oficialmente demitidos por justa causa e dos outros onze, atualmente, também, na iminência de demissão, por não participar do programa de “avaliação de desempenho” em março do ano em curso.

Na ocasião, foi estabelecida uma pauta a ser analisada pelos 44 músicos envolvidos, servindo de base para a elaboração da proposta que estamos encaminhando para sua apreciação. Nosso objetivo, através deste documento, é contribuir para o encerramento definitivo deste período conturbado e resgatar o mais rapidamente possível a imagem da Orquestra Sinfônica Brasileira, seriamente comprometida com a negativa repercussão, inclusive internacional.

Segue para vossa apreciação a contraproposta elaborada em assembléia pelos músicos demitidos da OSB:

1) Anulação de todas as penalidades atribuídas aos músicos que não participaram do programa de “avaliação de desempenho” proposto em 06/01/2011, ou seja, advertência, suspensão por um dia e a demissão por justa causa;

2) Retorno imediato do corpo orquestral às atividades artísticas, com a recondução dos músicos aos seus cargos originais, viabilizando de imediato o início da temporada 2011, já comprometida em função da substituição da OSB pela OSB Jovem, no decurso de todo o 1º semestre de 2011;

3) Revisão a curto prazo do Estatuto e do Regimento Interno, com a participação de representantes da Administração da FOSB, Comissão de Músicos e Sindicato dos Músicos Profissionais do Estado do Rio de Janeiro;

4) Implementação de um programa de aprimoramento visando atingir metas de excelência, a ser adotado após a entrada em vigor dos novos Estatuto e Regimento Interno, elaborado pela Direção Artística em conjunto com uma Comissão específica indicada pelo corpo orquestral;


5) Retorno imediato da OSB Jovem às atividades artísticas inerentes ao seu caráter pedagógico-educacional, sem penalidades;

6) Considerando a grave crise de relacionamento existente entre o atual regente titular e os integrantes do corpo orquestral, fruto da inabilidade no trato com os profissionais sob seu comando e da evidente incapacidade de gerenciar questões relacionadas ao dia-a-dia do conjunto, solicitamos o afastamento definitivo do Maestro Roberto Minczuk das suas funções de Diretor Artístico e Regente Titular.

Cordialmente, Michel Bessler, Luzer David Machtyngier, Ubiratã Rodrigues, Nayran Pessanha e Kleber Vogel.



Mais Notícias

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais comemora dez anos em nova temporada (18/10/2017)
Com novos patrocínios, Orquestra Sinfônica Brasileira retoma atividades (17/10/2017)
Cultura Artística lança temporada internacional 2018 (17/10/2017)
Nathalie Stutzmann canta com a Osesp na Sala São Paulo (16/10/2017)
Neojiba comemora dez anos com série de apresentações (13/10/2017)
Trompetista venezuelano Pacho Florez é solista da Orquestra Jovem do Estado (11/10/2017)
Theatro Municipal de SP apresenta programa espanhol (10/10/2017)
“Os pescadores de pérolas” estreia no Theatro Municipal de São Paulo em 30 de outubro (10/10/2017)
Osesp apresenta “Réquiem de guerra” de Britten (9/10/2017)
Orquestra Sinfonia Brasil faz apresentações no Paraná e no Rio de Janeiro (6/10/2017)
“Gran Finale” promove canto coral entre crianças e adolescentes (6/10/2017)
Filarmônica de Minas Gerais toca Villa-Lobos com pianista Fabio Martino (6/10/2017)
Ospa recebe tenor Martin Muehle e soprano Claudia Riccitelli (6/10/2017)
Ligia Amadio comanda a Osusp na Sala São Paulo (5/10/2017)
Amazonas Filarmônica celebra 20 anos com concerto (5/10/2017)
Osesp recebe o violinista brasileiro Luiz Fílip (4/10/2017)
João Carlos Martins rege e sola com a Bachiana Filarmônica (3/10/2017)
Premiado violonista russo Artyom Dervoed faz recital na série da Cultura Artística (2/10/2017)
Ricardo Kanji rege oratório de Vivaldi no Theatro São Pedro (29/9/2017)
Osesp lança temporada com novas séries e integral das sinfonias de Beethoven (29/9/2017)
Jundiaí terá “Ciclovia Musical” neste domingo (28/9/2017)
Sinfônica Heliópolis recebe pianista Jean-Louis Steuerman (28/9/2017)
Ocam toca Philip Glass com a pianista Lídia Bazarian (27/9/2017)
Pianista francês Jean-Efflam Bavouzet toca com a Osesp (26/9/2017)
Theatro Municipal do Rio de Janeiro encena ópera "Tosca", de Puccini (22/9/2017)
Theatro Municipal apresenta ópera “Nabucco”, de Verdi (21/9/2017)
 
Ver todas as notícias anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Outubro 2017 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4
 

 
São Paulo:

26/10/2017 - Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo

Rio de Janeiro:
29/10/2017 - Ópera Liquid Voices: A história de Mathilda Segalescu, de Jocy de Oliveira

Outras Cidades:
27/10/2017 - Vitória, ES - II Festival Sesi de Ópera
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2017 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046