Banner 468x60
Banner 180x60
Bom dia.
Sexta-Feira, 24 de Março de 2017.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


 

Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes


 
 
Conselho da OSB propõe fusão dos corpos artísticos OSB e Ópera e Repertório (14/3/2014)

Conforme comunicado oficial de seu conselho, a Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira (Fosb) apresentou proposta para fusão integral de seus dois corpos artísticos, em uma reunião com a Comissão de Músicos da O&R e com o SindMusica. A criação da O&R foi a solução para a grave crise que a OSB atravessou em 2011, quando, dentro de um projeto de aprimoramento, a Fosb convocou todos os músicos para audições compulsórias de desempenho.

Parte dos músicos se rebelou e exigiu a renúncia do maestro Roberto Minczuk. O maestro manteve o cargo de regente titular, mas teve de deixar a direção artística, que foi assumida de forma compartilhada por Fernando Bicudo e Pablo Castellar.

Os concertos só puderam ser retomados com a criação da OSB Ópera & Repertório, que recebeu os músicos que não haviam se submetido às audições, sob as mesmas condições de trabalho anteriores e com a garantia de que eles não trabalhariam sob a direção do maestro Roberto Minczuk. Já os músicos que passaram a integrar a OSB recebem salários mais elevados e trabalham com uma maior carga horária.

A manutenção dos dois corpos artísticos fez crescer as despesas da Fosb, que, mesmo tendo conseguido ampliar a captação de seus recursos financeiros, opera acima de suas capacidades.

Conforme a nota do Conselho da Fundação OSB, “a Fundação OSB deixa claro o seu desejo de unificar os dois corpos artísticos como medida importante para o crescimento, a qualidade musical da Orquestra e o equilíbrio financeiro da instituição”.

 

Leia a seguir a nota oficial:

COMUNICADO À IMPRENSA

A Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira comunica que foi apresentada, em reunião presencial, um novo Acordo Coletivo de Trabalho à Comissão de Músicos do corpo orquestral Ópera & Repertório e ao SindMusica.

A Fundação OSB decide pela fusão integral entre os dois corpos artísticos, OSB e O&R. Os músicos provenientes da O&R ficarão sob o mesmo regime trabalhista dos músicos que hoje compõem a OSB: terão isonomia salarial, gratificações e mesma carga horária. Os músicos que mantiverem a decisão de não tocar sob a batuta do maestro titular comporão a orquestra quando ela for regida por maestro convidado ou em concertos de formação camerística. Todos os músicos terão a mesma carga horária ao longo do ano.

A Fundação OSB deixa claro o seu desejo de unificar os dois corpos artísticos como medida importante para o crescimento, a qualidade musical da Orquestra e o equilíbrio financeiro da instituição.

Conselho da FOSB

[Notícia editada em 15/03/2014, às 10h50]

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.



Mais Notícias

Arvo Volmer rege Osesp em programa dedicado ao século XX (23/3/2017)
Sala Cecilia Meireles narra a história da música em nova série (21/3/2017)
Neojiba abre seu décimo ano com Ligia Amadio e homenagem a Villa-Lobos (20/3/2017)
Orquestra Sinfônica Heliópolis abre o ano com Prokofiev e Glière (17/3/2017)
Orquestra Jovem do Estado toca obras de Alfred Schnittke, Olivier Toni e Brahms (17/3/2017)
Com Jean-Louis Steuerman, Orquestra Petrobras Sinfônica abre temporada (17/3/2017)
Osesp interpreta a "Sinfonia nº 6" de Gustav Mahler com regência de Marin Alsop. (16/3/2017)
Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro abre o Festival Música em Trancoso (16/3/2017)
Justiça suspende convocação para a OS do Theatro São Pedro (15/3/2017)
Jorge Antunes estreia ópera baseada no conto "O espelho", de Machado de Assis (14/3/2017)
Osesp anuncia vencedores do Concurso Jovens Solistas (14/3/2017)
Festival de Música Contemporânea Brasileira celebra obras de Hermeto Pascoal e Edson Zampronha (13/3/2017)
Maestro Jamil Maluf reestreia à frente da Orquestra Experimental de Repertório (10/3/2017)
André Heller-Lopes é o novo diretor artístico do Theatro Municipal do Rio de Janeiro – leia a entrevista (8/3/2017)
Osesp abre temporada com a "Nona sinfonia" de Beethoven (6/3/2017)
Theatro Municipal de São Paulo apresenta integral das “Bachianas brasileiras” de Villa-Lobos (2/3/2017)
Nova edição da Revista CONCERTO comemora os 130 anos de nascimento de Villa-Lobos (25/2/2017)
Ripper é exonerado do Theatro Municipal do Rio de Janeiro; ator Milton Gonçalves é o novo presidente (23/2/2017)
Osesp abre ano com “Sinfonia nº 2”, de Villa-Lobos (22/2/2017)
Theatro Municipal lança programação do primeiro semestre (18/2/2017)
Cultura Artística e Fundação Magda Tagliaferro oferecem bolsas para 2017 (17/2/2017)
Orquestra Petrobras Sinfônica apresenta Ventura Sinfônico em Porto Alegre e São Paulo (16/2/2017)
Retrospectiva 2016 – Éser Menezes (depoimento de dezembro de 2016) (15/2/2017)
Retrospectiva 2016 – Celina Szrvinsk (depoimento de dezembro de 2016) (14/2/2017)
Fundação Osesp cancela participação de Celso Antunes na temporada 2017 (10/2/2017)
Em duas apresentações sob direção de Roberto Minczuk, Theatro Municipal de São Paulo abre temporada (9/2/2017)
 
Ver todas as notícias anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Março 2017 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1
 

 
São Paulo:

29/3/2017 - Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo e Balé da Cidade de São Paulo

Rio de Janeiro:
24/3/2017 - Sonia Rubinsky - piano, Quinteto Fantástico, Michel de Souza - barítono, Carlos Prazeres - oboé, Conjunto de Sax da UFRJ e Rosana Lanzelotte e Marcelo Fagerlande - cravos

Outras Cidades:
30/3/2017 - Goiânia, GO - Orquestra Filarmônica de Goiás
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2017 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046