Banner 468x60
Banner 180x60
Bom dia.
Sexta-Feira, 20 de Outubro de 2017.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


 

Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes

 
 
Theatro Municipal do Rio de Janeiro adia estreia de “Orfeu e Eurídice” (29/6/2016)

A Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro anunciou o adiamento da estreia da ópera Orfeu e Eurídice, de Christoph Gluck, originalmente prevista para o próximo domingo, dia 3 de julho. O motivo do adiamento é o atraso do pagamento dos salários de artistas e funcionários do Theatro Municipal, que, em assembleia, decidiram por paralisar as atividades artísticas.

Os servidores do teatro já haviam emitido uma nota pública ontem (28/06), afirmando que “esta decisão [da paralisação] nos é extremamente difícil, pois desde o início desta crise temos nos esforçado para manter a programação estabelecida pela direção da FTM”. A nota também esclarece que “esta suspensão das atividades não é um movimento grevista reivindicatório, mas apenas a constatação de que não há, atualmente, condições mínimas de manutenção de toda a carga horária programada, dada a inadimplência do estado para com os servidores e funcionários”.

O comunicado da Fundação Theatro Municipal avisa que tão logo os vencimentos dos funcionários forem depositados, novas datas da estreia e das demais récitas serão divulgadas.

Leia abaixo a nota pública dos servidores e a nota da Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro:


Nota pública sobre a paralisação das atividades na Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro

Em assembleia geral e extraordinária convocada pelo Sintac [Sindicato dos Trabalhadores em Entidades Públicas da Ação Cultural do Estado do Rio de Janeiro] e as associações dos Corpos Artísticos da FTM/RJ, realizada no último dia 23 de junho de 2016, os servidores dessa Casa, reunidos, decidiram que, devido ao parcelamento do salário do mês de maio, e a ausência de previsão de pagamento do referido pagamento, paralisar, a partir desta data, as atividades artísticas e escalonar as atividades técnico-administrativas, visando ao mínimo deslocamento dos trabalhadores desta fundação, até a regularização do referido vencimento.
 
Esta decisão nos é extremamente difícil, pois desde o início desta crise temos nos esforçado para manter a programação estabelecida pela direção da FTM.
 
Entretanto, não se pode ignorar a situação anômala atual, em que grande contingente de servidores encontra-se impossibilitado de comparecer às atividades normais da Casa, devido à desorganização financeira causada pelos sucessivos atrasos nos pagamentos dos vencimentos pelo Governo do Estado, culminando com o parcelamento do último salário, referência maio de 2016.
 
Desejamos esclarecer que esta suspensão das atividades não é um movimento grevista reivindicatório, mas apenas a constatação de que não há, atualmente, condições mínimas de manutenção de toda a carga horária programada, dada a inadimplência do estado para com os servidores e funcionários.
 
Numa nova assembleia, realizada no dia 28 de junho de 2016, os servidores e funcionários da FTM/RJ, decidiram manter a paralisação, pois como amplamente divulgado na imprensa, o Governo do Estado do RJ, até a presente data, não definiu a data de pagamento da segunda parcela do salário de maio, agravando ainda mais a situação financeira dos trabalhadores desta fundação.
 
Rio de Janeiro, 28 de junho de 2016.
 
Pedro Ismael de Oliveira Neto, presidente da ACCOTEMURJ [Associação do Corpo Coral do Theatro Municipal do Rio de Janeiro]
 
Edifranc dos Santos Alves, presidente da ACOBATEMURJ [Associação do Corpo de Baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro]
 
Jesuina Noronha Passaroto, presidente da AMOSTEMURJ [Associação dos Músicos da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro]
 
Pedro Ismael de Oliveira Neto, presidente do Sintac/RJ [Sindicato dos Trabalhadores em Entidades Públicas da Ação Cultural do Estado do Rio de Janeiro]”


Nota Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Devido à paralisação das atividades dos funcionários, em função do atraso do pagamento da segunda parcela dos salários do funcionalismo estadual, a Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro informa que será adiada a estreia da ópera Orfeu e Eurídice, de Christoph Gluck, originalmente prevista para o dia 3 de julho.

Logo que os vencimentos forem depositados, serão divulgadas as novas datas da estreia e demais récitas. Oportunamente, o Setor de Informações do Theatro Municipal entrará em contato com os assinantes a fim de transferir seus ingressos ao calendário que será anunciado.
 
Rio de Janeiro, 29 de junho de 2016

FUNDAÇÃO TEATRO MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO



Mais Notícias

Jocy de Oliveira estreia a ópera "Liquid voices" (19/10/2017)
Orquestra Filarmônica de Minas Gerais comemora dez anos em nova temporada (18/10/2017)
Com novos patrocínios, Orquestra Sinfônica Brasileira retoma atividades (17/10/2017)
Cultura Artística lança temporada internacional 2018 (17/10/2017)
Nathalie Stutzmann canta com a Osesp na Sala São Paulo (16/10/2017)
Neojiba comemora dez anos com série de apresentações (13/10/2017)
Trompetista venezuelano Pacho Florez é solista da Orquestra Jovem do Estado (11/10/2017)
Theatro Municipal de SP apresenta programa espanhol (10/10/2017)
“Os pescadores de pérolas” estreia no Theatro Municipal de São Paulo em 30 de outubro (10/10/2017)
Osesp apresenta “Réquiem de guerra” de Britten (9/10/2017)
Orquestra Sinfonia Brasil faz apresentações no Paraná e no Rio de Janeiro (6/10/2017)
“Gran Finale” promove canto coral entre crianças e adolescentes (6/10/2017)
Filarmônica de Minas Gerais toca Villa-Lobos com pianista Fabio Martino (6/10/2017)
Ospa recebe tenor Martin Muehle e soprano Claudia Riccitelli (6/10/2017)
Amazonas Filarmônica celebra 20 anos com concerto (5/10/2017)
Ligia Amadio comanda a Osusp na Sala São Paulo (5/10/2017)
Osesp recebe o violinista brasileiro Luiz Fílip (4/10/2017)
João Carlos Martins rege e sola com a Bachiana Filarmônica (3/10/2017)
Premiado violonista russo Artyom Dervoed faz recital na série da Cultura Artística (2/10/2017)
Ricardo Kanji rege oratório de Vivaldi no Theatro São Pedro (29/9/2017)
Osesp lança temporada com novas séries e integral das sinfonias de Beethoven (29/9/2017)
Sinfônica Heliópolis recebe pianista Jean-Louis Steuerman (28/9/2017)
Jundiaí terá “Ciclovia Musical” neste domingo (28/9/2017)
Ocam toca Philip Glass com a pianista Lídia Bazarian (27/9/2017)
Pianista francês Jean-Efflam Bavouzet toca com a Osesp (26/9/2017)
Theatro Municipal do Rio de Janeiro encena ópera "Tosca", de Puccini (22/9/2017)
 
Ver todas as notícias anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Outubro 2017 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4
 

 
São Paulo:

29/10/2017 - Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo

Rio de Janeiro:
21/10/2017 - Balé O lago dos cisnes, de Tchaikovsky

Outras Cidades:
22/10/2017 - Curitiba, PR - III Festival de Ópera do Paraná
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2017 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046