Banner 468x60
Banner 180x60
Bom dia.
Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes

 
 
Ópera “Orfeu e Eurídice” ganha montagem no Theatro Municipal do Rio de Janeiro (6/7/2016)

Após adiamento causado pela paralisação de seus artistas, motivada pelo não pagamento dos servidores do Estado, estreia amanhã, dia 7, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro a ópera Orfeu e Eurídice, de Gluck. A regência é do maestro Abel Rocha e a direção cênica, de Caetano Vilela. No elenco, a mezzo soprano Denise de Freitas como Orfeu e a soprano Lina Mendes como Eurídice. As outras apresentações acontecem nos dias 9, 10 e 12 de julho.

Escrita na década de 1760, a ópera recupera o mito de Eurídice e é símbolo da reforma proposta pelo compositor, que buscava evitar os excessos da opera seria em favor de uma “nobre simplicidade” na união entre texto e música. “Não há como negar que, além de um grande compositor, Gluck foi o reformador da ópera moderna, na forma e no estilo, se comprometendo com uma dramaturgia mais focada nas relações entre os personagens”, diz Vilela.

Nesse sentido, o diretor explica que, em sua concepção, buscou “humanizar os personagens de Orfeu e Eurídice. “Não explico o ‘mito da arte’ que Orfeu representa, porque ele já é explícito e está representado em dezenas de montagens. Quero falar sobre a quebra e a perda das relações como se fosse uma fábula: é duro mas pode ser poético. Na minha concepção, com a morte de Eurídice o Sol é encoberto na Terra, formando um grande eclipse que toma conta dos dois atos da ópera enquanto dura a busca de Orfeu pelos caminhos do limbo do Inferno. Apresento um Orfeu guerreiro, que usa a sua lira como se fosse um arco, atirando ‘flechas de música’ para enfrentar as Fúrias. O eclipse só termina e a vida refloresce com a volta de Eurídice para a Terra. A partir daí eu tenho uma surpresa na encenação, que traz como referência o clássico Orfeu do Carnaval de Marcel Camus”, diz.



Mais Notícias

Retrospectiva 2017 – Paulo Zuben (depoimento de dezembro de 2017) (16/1/2018)
Retrospectiva 2017 – Danilo Santos de Miranda (depoimento de dezembro de 2017) (15/1/2018)
Retrospectiva 2017 – Sidney Molina (depoimento de dezembro de 2017) (12/1/2018)
Retrospectiva 2017 – Roberto Minczuk (depoimento de dezembro de 2017) (11/1/2018)
Retrospectiva 2017 – Claudia Toni (depoimento de dezembro de 2017) (10/1/2018)
Retrospectiva 2017 – Sabine Lovatelli (depoimento de dezembro de 2017) (9/1/2018)
Retrospectiva 2017 – Arthur Nestrovski (depoimento de dezembro de 2017) (8/1/2018)
CD “Sergio e Eduardo Abreu: BBC Recital 1970” vence o Prêmio CONCERTO 2017 na categoria CD / DVD / Livro (5/1/2018)
Tenor Atalla Ayan vence Prêmio CONCERTO 2017 na categoria Jovem Talento (5/1/2018)
Violinista Isabelle Faust e Projeto Smetak vencem Prêmio CONCERTO 2017 na Categoria Música de Câmara / Recital / Coral (4/1/2018)
Osesp, Krysztof Penderecki e Isabelle Faust ganham o Prêmio CONCERTO 2017 na categoria Música Orquestral. (4/1/2018)
“L’Orfeo”, de Monteverdi, ganha o Prêmio CONCERTO 2017 na categoria Ópera (3/1/2018)
Antonio Meneses vence o Grande Prêmio CONCERTO 2017 (2/1/2018)
Feliz Ano Novo! (31/12/2017)
Fernando Bicudo é o novo presidente do Theatro Municipal do Rio de Janeiro; Heller-Lopes é exonerado (28/12/2017)
Festivais de verão oferecem diversificada agenda de concertos (27/12/2017)
Grandes solistas participam de concerto de gala de Ano Novo em Ilhabela (22/12/2017)
Roberto Minczuk e Marcelo Bratke recebem a Ordem do Mérito Cultural   (21/12/2017)
A “flauta mágica”, de Mozart, ganha nova produção no Theatro Municipal de São Paulo (15/12/2017)
APCA apresenta premiados de 2017 (12/12/2017)
Orquestra Jovem do Estado encerra ano com Stravinsky e Nielsen (11/12/2017)
Filarmônica de Goiás realiza estreia de obra de Michelle Agnes (8/12/2017)
Programa especial reúne grupos da USP na Sala São Paulo (7/12/2017)
Marin Alsop será “regente de honra” da Osesp (6/12/2017)
TV Cultura apresenta no domingo final do Prelúdio 2017 (6/12/2017)
Marin Alsop rege "Sinfonia nº 9" de Mahler à frente da Osesp (5/12/2017)
 
Ver todas as notícias anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Janeiro 2018 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3
 

 
São Paulo:

17/1/2018 - Espetáculo O compositor delirante

Rio de Janeiro:
16/1/2018 - Duo Bernardo Katz - violoncelo e Holly Katz - piano

Outras Cidades:
30/1/2018 - Paraupebas, PA - Academia Jovem Concertante
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2018 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046