Banner 468x60
Banner 180x60
Boa tarde.
Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


 

 

Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes

 

 
 
Neschling não comparece à CPI; vereadores requerem condução coercitiva (24/8/2016)

O maestro John Neschling, envolvido no escândalo que desviou R$ 15 milhões do Theatro Municipal de São Paulo, não compareceu à acareação com o delator e criminoso confesso José Luiz Herencia, que estava agendada para esta quarta-feira, dia 24. Em razão disso, os vereadores decidiram solicitar à justiça a condução coercitiva do maestro para uma nova sessão. A CPI também decidiu requerer à Polícia Federal a apreensão do passaporte do maestro bem como a suspensão do pagamento de seus honorários pelo IBGC – Instituto Brasileiro de Gestão Cultural.

Nas primeiras horas do dia, o advogado de Neschling, Eduardo Carnelós, havia endereçado uma petição para justificar a ausência do maestro. Conforme nota divulgada no início da noite, Carnelós sustenta que, “apesar da sólida fundamentação da petição, consideraram não ter sido ela ‘séria’, e como punição por ele ter ousado exercer seus direitos, decidiram, contra a lei e em ato de abuso de autoridade, conduzi-lo coercitivamente, além de confiscar seu passaporte e determinar a suspensão de seus pagamentos”.

Na semana passada, John Neschling depôs na CPI por 5 horas. Em suas declarações, afirmou seguidamente que não pode ser acusado por pagamentos pelos quais não tinha responsabilidade. John Neschling nega qualquer irregularidade e, após o depoimento, escreveu em sua página no Facebook: “Foram mais de 5 horas exaustivas de depoimento, mas sinto-me aliviado, pois pude pela primeira vez esclarecer os fatos e refutar as mentiras que se espalhavam a meu respeito”.

No único documento oficial divulgado até o momento, o relatório de mais de 70 páginas da Controladoria Geral do Município, não há menção a qualquer conduta irregular ou ilícita do maestro John Neschling.

Leia abaixo a nota divulgada no início da noite pelo advogado do maestro John Neschling:

As cenas de hoje na CPI comprovam o que se afirmou na petição endereçada para justificar a ausência de John Neschling à acareação: além da inocuidade, sua presença serviria apenas para a submissão aos ataques vis proferidos por Herencia e alguns vereadores, que se mostraram suscetíveis ao simples exercício de direito. Apesar da sólida fundamentação da petição, consideraram não ter sido ela “séria”, e como punição por ele ter ousado exercer seus direitos, decidiram, contra a lei e em ato de abuso de autoridade, conduzi-lo coercitivamente, além de confiscar seu passaporte e determinar a suspensão de seus pagamentos. É lamentável assistir a tamanho abuso, como se a CPI pudesse cassar o direito que o maestro tem de proteger sua imagem, sua dignidade e sua honra, e como se pudesse puni-lo por isso, fazendo-o objeto da vontade dos investigadores, a serviço de finalidades políticas. O absurdo foi tão evidente, que Herencia foi tratado como herói, e suas mentiras tomadas como verdades. As acusações nem mesmo fazem sentido, e Neschling usará os instrumentos jurídicos disponíveis para arrostar o arbítrio que se pretende consumar contra ele.

Eduardo Pizarro Carnelós

[Leia aqui a notícia anterior sobre o caso.]



Mais Notícias

APCA apresenta premiados de 2017 (12/12/2017)
Orquestra Jovem do Estado encerra ano com Stravinsky e Nielsen (11/12/2017)
Filarmônica de Goiás realiza estreia de obra de Michelle Agnes (8/12/2017)
Programa especial reúne grupos da USP na Sala São Paulo (7/12/2017)
Marin Alsop será “regente de honra” da Osesp (6/12/2017)
TV Cultura apresenta no domingo final do Prelúdio 2017 (6/12/2017)
Marin Alsop rege "Sinfonia nº 9" de Mahler à frente da Osesp (5/12/2017)
Prêmio CONCERTO divulga finalistas; leitores podem votar na página da CONCERTO no Facebook (4/12/2017)
Sergio Tiempo e Cristian Budu substituem Boris Berezovsky em concertos na Sala São Paulo (29/11/2017)
Theatro São Pedro apresenta opereta "La Belle Hélène", de Offenbach (28/11/2017)
João Marcos Coelho lança livro com textos publicados na imprensa (27/11/2017)
Theatro Municipal de São Paulo apresenta "O messias", de Handel (24/11/2017)
Teatro Sergio Cardoso recebe estreia mundial de ópera (24/11/2017)
Bruno Procópio rege Osesp na Sala São Paulo (23/11/2017)
Violoncelista Sihao He apresenta-se em Piracicaba e em São Paulo (22/11/2017)
Nelson Freire faz recital solo no Theatro Municipal do Rio de Janeiro (21/11/2017)
Pianista Valentina Lisitsa inicia em São Paulo turnê brasileira (17/11/2017)
Sinfônica Heliópolis se apresenta com o maestro Francisco Valero-Terribas (17/11/2017)
Ricardo Castro toca Ravel com Orquestra Jovem do Estado (17/11/2017)
Bachiana dedica concerto à obra de Rachmaninov (16/11/2017)
Bruno Procópio rege Filarmônica de Minas Gerais em Belo Horizonte (16/11/2017)
35ª Oficina de Música de Curitiba abre inscrições (15/11/2017)
Luis Otávio Santos rege concertos da Osesp (14/11/2017)
Orquestra Filarmônica Jovem de Israel apresenta-se em São Paulo (14/11/2017)
Cappella Mediterranea apresenta "Orfeo", de Monteverdi, na Sala São Paulo (10/11/2017)
Osesp e São Paulo Companhia de Dança apresentam balés de Tchaikovsky (9/11/2017)
Cristian Budu e Leonardo Hilsdorf tocam com a Sinfônica da USP (9/11/2017)
Mozarteum Brasileiro anuncia atrações de 2018; destaque é a soprano russa Anna Netrebko (9/11/2017)
 
Ver todas as notícias anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Dezembro 2017 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6
 

 
São Paulo:

16/12/2017 - Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, Coro Acadêmico da Osesp e Coro da Osesp

Rio de Janeiro:
16/12/2017 - Linda Bustani - piano

Outras Cidades:
14/12/2017 - Belo Horizonte, MG - Orquestra Filarmônica de Minas Gerais
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2017 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046