Banner 468x60
Banner 180x60
Bom dia.
Domingo, 28 de Maio de 2017.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


 

Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes


 
 
Santa Marcelina Cultura apresenta diretrizes para o trabalho no Theatro São Pedro (12/5/2017)

Em comunicado lançado ontem, a Santa Marcelina Cultura (SMC) apresentou as diretrizes que nortearão o trabalho da entidade na direção do Theatro São Pedro. Como anunciado, a Secretaria da Cultura incorporou o Theatro São Pedro no contrato da gestão da SMC, Organização Social responsável pela gestão da Emesp, Escola de Música do Estado de São Paulo, e do Projeto Guri Capital e Grande São Paulo [leia mais aqui].

No comunicado, a SMC esclarece que assumiu o teatro “a pedido da Secretaria da Cultura” e que os “recursos repassados ao longo de 2017 garantirão a realização da seguinte programação: 24 récitas de ópera, seis concertos da orquestra, 30 concertos de câmara, além do funcionamento da Academia de Ópera com 24 alunos e 80 aulas, master classes e workshops e quatro ensaios gerais abertos”. A entidade também afirma que os recursos repassados pela Secretaria permitirão a contratação de apenas 33 dos músicos profissionais da Orthesp, Orquestra do Theatro São Pedro, e que “a programação da temporada da Orthesp será realizada somente com músicos profissionais”.

A SMC informa ainda que formará uma orquestra de bolsistas do Theatro São Pedro, com 22 alunos selecionados por meio de processo seletivo, nos mesmos critérios adotados para outros grupos jovens da entidade. O comunicado reforça que, “ao contrário do que vem sendo divulgado, os bolsistas deste novo projeto não substituirão músicos profissionais da Orthesp”.

Conforme o nota, “a partir de agora, a Orthesp e a temporada do Theatro São Pedro serão dirigidas por um conselho artístico. Toda a programação de óperas, concertos, regentes, solistas e música de câmara da temporada 2017 tem previsão de anúncio até o final deste mês”.

Leia abaixo o comunicado integral da Santa Marcelina Cultura:

São Paulo, 11 de maio de 2017

A Organização Social Santa Marcelina Cultura informa que assumiu, num curto espaço de tempo, a partir do dia 1º de maio, a gestão do Theatro São Pedro – incluindo a Orquestra do Theatro São Pedro (Orthesp) e a Academia de Ópera do Theatro São Pedro – e o Teatro Caetano de Campos, a pedido da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

Os recursos repassados ao longo de 2017 garantirão a realização da seguinte programação: 24 récitas de ópera, seis concertos da orquestra, 30 concertos de câmara, além do funcionamento da Academia de Ópera com 24 alunos e 80 aulas, master classes e workshops e quatro ensaios gerais abertos.

Em relação aos músicos originários da Orthesp, os recursos repassados pela Secretaria de Estado da Cultura permitirão a contratação de 33 músicos profissionais. A Santa Marcelina Cultura optou por manter uma formação instrumental equivalente à de uma orquestra clássica, com 15 instrumentos de cordas, 8 de madeiras, 6 de metais, tímpanos e percussão, além de piano e harpa. Isso permitirá a execução de diversas obras do repertório operístico e sinfônico, como fazem orquestras de tamanhos similares no Brasil e no exterior. A programação da temporada da Orthesp será realizada somente com músicos profissionais.

A partir de agora, a Orthesp e a temporada do Theatro São Pedro serão dirigidas por um conselho artístico. Toda a programação de óperas, concertos, regentes, solistas e música de câmara da temporada 2017 tem previsão de anúncio até o final deste mês.

Os alunos do programa da Academia do Theatro São Pedro serão integrados ao Núcleo de Ópera Estúdio e às outras atividades pedagógicas oferecidas pela EMESP. Todos continuarão com sua participação garantida dentro da programação das récitas, concertos e de música de câmara do Theatro São Pedro.

Reafirmando seu compromisso com a formação de jovens, a Santa Marcelina Cultura propôs à Secretaria de Estado da Cultura a ampliação do programa já oferecido pela EMESP de fomento à participação de bolsistas em grupos artísticos. Ao contrário do que vem sendo divulgado, os bolsistas deste novo projeto não substituirão músicos profissionais da Orthesp.

Seguindo os critérios que já existem no funcionamento de seus atuais quatro Grupos Jovens (Orquestra Jovem do Estado, Orquestra Tom Jobim, Banda Jovem e Coral Jovem), a EMESP organizará a seleção de 22 alunos (6 violinos, 2 violas, 2 violoncelos, 1 contrabaixo, 2 flautas, 2 oboés, 2 clarinetes, 2 fagotes, 2 trompas, 1 tímpano) para formarem uma orquestra de bolsistas do Theatro São Pedro. Todos serão escolhidos por meio de processo seletivo com abertura de inscrições prevista para o final deste mês.

Além de terem disponíveis as atividades de formação que já são oferecidas a todos os bolsistas dos quatro Grupos Jovens e aos mais de 1.300 alunos da EMESP, os bolsistas da orquestra do Theatro São Pedro terão uma programação anual de música de câmara e de atividades pontuais dentro da programação do Theatro São Pedro. Dessa maneira, diferentemente da vocação dos outros grupos sinfônicos geridos pela EMESP, a orquestra de bolsistas do Theatro São Pedro terá a possibilidade de se aprofundar no repertório operístico por meio da participação em algumas montagens e programas que estejam imbuídos do caráter de formação, principalmente aqueles que envolverem jovens cantores e que fizerem parte da itinerância de pocket óperas para a formação de público.

O trabalho realizado nos últimos nove anos pela Santa Marcelina Cultura será agora amplificado em ressonância com a vocação para a formação de jovens músicos que o Theatro São Pedro possui.



Mais Notícias

Tenor Atalla Ayan faz recital na Sala Cecilia Meireles, no Rio (26/5/2017)
Festival de Campos do Jordão abre inscrições para bolsistas (26/5/2017)
Cultura FM transmite concerto de verão da Filarmônica de Viena (24/5/2017)
Osesp interpreta concerto da coreana Unsuk Chin (24/5/2017)
Pianista Benjamin Grosvenor toca sonatas e música espanhola (19/5/2017)
Quaternaglia comemora 25 anos de atividades no Auditório Ibirapuera (18/5/2017)
Tenor José Carreras faz concertos de despedida no Brasil (16/5/2017)
Orquestra Sinfônica Municipal interpreta "Peer Gynt", de Grieg (12/5/2017)
Comitê de compliance julga corretos os procedimentos do Instituto Pensarte (12/5/2017)
Sinfônica da Unicamp realiza fórum sobre gestão e compromisso social (12/5/2017)
Violinista Isabelle Faust inicia residência artística com a Osesp (9/5/2017)
Com mudança de rota, Theatro São Pedro reforça viés “de formação”; Jazz Sinfônica vai para o Memorial da América Latina (8/5/2017)
Morre barítono Leonardo Páscoa (8/5/2017)
Aberta a convocação para a OS do Theatro Municipal de São Paulo; modelo segue inalterado (5/5/2017)
Duo de violino e piano realiza turnê no Recife (5/5/2017)
Festival Amazonas completa 20 anos com ópera de Wagner (5/5/2017)
Orquestra Sinfônica Heliópolis toca “Sinfonia nº 1” de Mahler (4/5/2017)
Fabio Mechetti rege Mignone e Tchaikovsky com a Osesp (3/5/2017)
Orquestra Sinfônica Municipal interpreta sinfonia de Bruckner (3/5/2017)
Paulo Martelli abre, com Bach, série dedicada ao violão (2/5/2017)
Secretaria da Cultura tira Instituto Pensarte; Santa Marcelina Cultura assume Theatro São Pedro (28/4/2017)
Theatro Municipal do Rio de Janeiro apresenta "Norma", de Bellini (28/4/2017)
Auditório Ibirapuera adia concerto comemorativo do Quaternaglia (27/4/2017)
Diana Damrau canta com Orquestra Acadêmica do Mozarteum Brasileiro (27/4/2017)
Ligia Amadio rege Orquestra Sinfônica Municipal no Theatro Municipal de São Paulo (27/4/2017)
 
Ver todas as notícias anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Maio 2017 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3
 

 
São Paulo:

28/5/2017 - Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo

Rio de Janeiro:
28/5/2017 - XII RioHarpFestival

Outras Cidades:
30/5/2017 - Manaus, AM - XX Festival Amazonas de Ópera
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2017 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046