Angela Hewitt faz recital solo com a “Arte da fuga”, de Bach, na Sala São Paulo

por Redação CONCERTO 06/04/2015

No dia 7 de abril acontece na Sala São Paulo um dos programas mais importantes da temporada da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, quando  a exímia pianista canadense Angela Hewitt faz um recital solo com a Arte da fuga, de Bach. Incompleta e de instrumentação não especificada, a peça é uma das mais sofisticadas do compositor alemão, com 14 fugas e 4 cânones, mas acabou historicamente ofuscada por suas “irmãs” mais populares, as Variações Goldberg e O cravo bem temperado.

 

Na Sala São Paulo, Hewitt faz um programa polêmico sob certo aspecto: ela defende o uso do piano – que ainda não existia à época da composição da Arte da fuga – em vez do cravo. Sobre o assunto, leia a reportagem especial da Gramophone na edição de novembro de 2014 da Revista CONCERTO, em que Hewitt expõe em detalhes sua relação com a peça (disponível aqui para assinantes).

Hewitt ainda atua como solista da Osesp dos dias 9, 10 e 11 de abril, sob regência do inglês Richard Armstrong. Acompanhe o Site CONCERTO para mais informações.

[Veja mais no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2015 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.