Brasília - Del Claro sola concerto de Haydn

por Redação CONCERTO 23/03/2009

No segundo concerto de sua temporada, a Sinfônica de Brasília convida o excelente violoncelista Antonio Lauro Del Claro para solar o Concerto para violoncelo nº 1 de Joseph Haydn. A apresentação será na terça-feira, dia 24, no Teatro Nacional Claudio Santoro, em Brasília. O concerto será todo dedicado a Haydn em homenagem aos seus 200 anos de falecimento, e terá regência de Ira Levin, diretor artístico da orquestra. O programa ainda trará excertos de As últimas sete palavras de nosso Salvador na cruz e a Sinfonia nº 101, “Relógio” do mestre austríaco.

O violoncelista Antonio Lauro Del Claro nasceu em São Paulo, onde estudou com Jean Jacques Pagnot. Na Itália foi aluno de Radu Aldulescu (violoncelo) e Enrico Mainardi (música de câmara). Mais tarde especializou-se tornando-se discípulo do consagrado violoncelista Pierre Fournier, em Genebra.

Como solista, Antonio Lauro Del Claro atua junto às maiores orquestras brasileiras nos mais importantes centros culturais do país. Como recitalista tem atuado no Brasil, França, Suíça, Itália, América Latina e EUA. Como professor, além de ter integrado o corpo docente do Instituto de Artes da Unicamp, realiza seminários de violoncelo e master classes em diversas cidades do Brasil e EUA, participando também de diversos festivais de música.

Serviço:
Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro
Regência: Ira Levin
Solista: Antonio Lauro Del Claro, violoncelo
Programa: Haydn – excertos de As últimas sete palavras de nosso Salvador na Cruz; Concerto para violoncelo nº 1; Sinfonia nº 101 “O relógio”
Local: Teatro Nacional Claudio Santoro
Informações pelo tel. (61) 3325-6153