Celso Antunes estreia como regente associado da Osesp

por Redação CONCERTO 19/03/2012

Os concertos da semana da Osesp, quinta, sexta e sábado (22, 23 e 24 de março), têm o maestro Celso Antunes regendo pela primeira vez a Sinfônica do Estado de São Paulo como regente associado. Apesar da experiência com o canto coral, desta vez ele rege o grupo orquestral sem a presença do Coro da Osesp, na suíte Études sur Paris de Almeida Prado e na Canção da Terra de Gustav Mahler. Os solistas são a mezzo soprano Catherine Wyn Rogers e o tenor Torsten Kerl.

 

Celso Antunes é de São Paulo e desenvolveu quase que toda a carreira na Europa, estudando regência na Musikhochschule Köln, na Alemanha. Por quatro anos foi regente titular da Neues Rheinisches Kammerorchester, também em Colônia, e do conjunto belga de música contemporânea Champ d’Action. Como diretor artístico e regente titular da National Chamber Choir, da Irlanda, fez uma gestão que foi considerada pelo Irish Times uma idade de ouro para o canto coral profissional na Irlanda. Regente titular da Netherlands Radio Choir Groot Omroepkoor e professor de regência coral da Haute École de Musique de Genebra, ambos desde 2008, ele trabalha regularmente com alguns dos principais corais da Europa, entre os quais o SWR Stuttgart Vocal Ensemble, o BBC Singers, em Londres, e o Vlaamse Radio Koor, em Bruxelas.

Antunes e a Osesp fazem ainda na quinta-feira pela manhã (às 10h) o ensaio geral aberto ao público, com ingressos limitados ao preço de 10 reais.

[Veja detalhes no Roteiro Musical]