Ching-Yun Hu é a solista do concerto da Petrobras Sinfônica no Municipal do Rio de Janeiro

por Redação CONCERTO 23/07/2015

Dois convidados internacionais protagonizam o concerto do dia 24 de julho da Orquestra Petrobras Sinfônica, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Na regência o grupo recebe o maestro chileno Rodolfo Fischer – que recentemente dirigiu as óperas Um homem só e Ainadamar, no Theatro Municipal de São Paulo –, e como solista, a pianista taiwanesa Ching-Yun Hu.

 

O destaque do repertório é a estreia de Candelária, de José Orlando, obra comissionada pela Petrobras Sinfônica para homenagear os 450 anos do Rio de Janeiro. Leia mais sobre a peça na matéria especial sobre estreias na edição de julho da Revista CONCERTO (disponível aqui para assinantes). Em seguida, Ching-Yun Hu interpreta o Concerto nº 1 de Chopin e, depois do intervalo, é a vez da Sinfonia nº 3, Eroica, de Beethoven.

[Veja mais no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2015 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.