Cidade de Paulínia anuncia importante temporada clássica

por Redação CONCERTO 01/07/2009

Situada a 120 km de São Paulo, Paulínia é conhecida como “cidade do petróleo” por concentrar empresas que fazem dela o maior polo petroquímico da América Latina. Com população de 82 mil habitantes, a cidade tem a segunda melhor renda per capita do Estado e a oitava do país e, nos últimos anos, decidiu investir em cultura: criou o ambicioso projeto Paulínia Magia do Cinema – que inclui um complexo de produção com quatro estúdios, o Festival Paulínia de Cinema, a Escola Magia do Cinema e a Paulínia Film Commission – e o Theatro Municipal de Paulínia. Projetado pela equipe do engenheiro Ismael Solé, o mesmo que trabalhou na construção da Sala São Paulo, o teatro tem 1.350 lugares e área construída de 12 mil metros quadrados, contando com estrutura moderníssima e tecnologia de última geração.

Agora, a Prefeitura anuncia uma importante série de concertos internacionais coordenada pela promotora de concertos Interarte. O projeto Concertos Paulínia 2009 desdobra-se em três séries de concertos, duas delas realizadas no Theatro Municipal de Paulínia: uma série internacional e outra gratuita, aberta à população e realizada por um grupo residente. A terceira série, denominada “Theatro vai à Escola”, levará aos alunos das escolas municipais de Paulínia apresentações de cunho didático-educativo.

A programação internacional terá início no dia 7 de julho, quando a violinista Katrin Scholz e os vinte músicos da Orquestra de Câmara de Berlim sobem ao palco para apresentar obras de Mozart, Haydn e Shostakovitch. O concerto também marcas as comemorações do primeiro aniversário do Theatro Municipal de Paulínia.

Entre julho e novembro, serão nove espetáculos da série internacional dos Concertos Paulínia 2009, com atrações do porte da Orquestra Filarmônica de Israel, sob regência de seu titular, o maestro Zubin Mehta, da orquestra austríaca Wiener Akademie, do violinista russo Ilya Gringolts, do Quarteto de Cordas Leipzig e da Filarmônica de Buenos Aires (confira a programação completa abaixo).

Já as duas séries nacionais ficam a cargo do grupo residente do teatro, batizado de Solistas de Paulínia e integrado por Pablo de León (spalla da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal de São Paulo), Horácio Schaefer (spalla das violas da Osesp) e o experiente violoncelista Roberto Ring. O conjunto atuará sempre com músicos convidados. No dia 5 de julho, o primeiro concerto desta série inclui obras de Piazzolla e Mahler, com a participação de Roglit Ishay, Leonardo Marconi (pianos) e Alejandro Bruschini (bandoneón).

Serviço:
Concertos Paulínia 2009
Theatro Municipal de Paulínia, sempre às 20 horas
Av. Prefeito José Lozano de Araujo, 1551
Tel. (19) 3933-2140
Informações e vendas: (11) 4003-1212 / ingressorapido.com.br

Programação da Série Internacional

7 de julho
Orquestra de Câmara de Berlim
Regente e solista: Katrin Scholz

8 e 12 de agosto
Orquestra Filarmônica de Israel
Regente: Zubin Mehta

10 de setembro
Régis Pasquier (violino), Emmanuel Strosser (piano)
e Solistas de Paulínia

25 de setembro
José Feghali (piano)

16 de outubro
Quarteto de Leipzig e Solistas de Paulínia

29 de outubro
Orquestra da Wiener Akademie

13 de novembro
Ilya Gringolts, Alex Fiterstein e Solistas de Paulínia

20 de novembro
Orquestra Filarmônica de Buenos Aires