Ensemble InterContemporain toca no Municipal do Rio e na Sala São Paulo

por Redação CONCERTO 28/06/2012

O Ensemble Intercontemporain, criado em 1976 pelo compositor e maestro francês Pierre Boulez, se apresenta no sábado, dia 30 de junho, no Teatro Municipal do Rio de janeiro, pela temporada da Sala Cecília Meireles, e também na segunda e terça na Sala São Paulo pela temporada da Sociedade de Cultura Artística. O InterContemporain, como o nome adianta, é focado em obras recentes, do século XX e XXI, e mantém vínculos estreitos com compositores contemporâneos, buscando uma interpretação mais profunda das peças, além do desenvolvimento de maiores experimentações instrumentais.

 

Ao todo, serão 31 músicos que se apresentarão sob a regência do maestro Jean Deroyer. O repertório traz duas obras: Barque mystique, de Tristan Murail, e Cassandre, de Michael Jarrell. A primeira foi composta em 1993, e dá boa mostra da “música espectral”, corrente estética criada no século passado que busca, por meio de recursos tecnológicos, decompor o som, e tem em Murail um dos grandes expoentes do gênero. A segunda, de 2006, é uma “ópera falada” baseada no romance homônimo da alemã Crista Wolf, que reconta a Guerra de Tróia em reflexão às experiências da autora na Alemanha Oriental.

A atriz suíça Martha Keller, que já atuou ao lado de nomes como Dustin Hoffman e Al Pacino, compartilha o palco com o InterContemporain na interpretação da obra.

[Veja detalhes no Roteiro Musical]