Festival de Inverno Campos do Jordão inicia sua 45ª edição no dia 5 de julho

por Redação CONCERTO 24/06/2014

A 45ª edição do Festival de Inverno de Campos do Jordão Dr. Luís Arrobas Martins acontece entre os dias 5 de julho e 3 de agosto. A programação artística conta 27 concertos de orquestras e bandas sinfônicas – incluindo os grupos mais destacados do país, como a Osesp, OSB, Filarmônica de Minas Gerais e Sinfônica do Theatro Municipal de São Paulo. Como no ano passado, a organização do evento é da Fundação Osesp: a direção executiva é de Marcelo Lopes, a direção artística de Arthur Nestrovski e a coordenação artístico-pedagógica de Fabio Zanon. A maestrina titular e diretora musical da Osesp, Marin Alsop, atua como consultora artística.

 

Destaques da programação
Entre os destaques internacionais do festival vale notar o Quarteto Escher, de Nova York; e o pianista russo Boris Giltburg (vencedor da Competição Rainha Elisabeth de 2013), que toca com a Orquestra do Festival

A programação ainda tem importantes concertos da Osesp, com Lauren Snouffer, John Mark Ainsley, Denise de Freitas e Paulo Szot; da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, com o pianista Arnaldo Cohen; da Orquestra Sinfônica Brasileira com o trompista alemão Stefan Dohr, da Filarmônica de Berlim; da Orquestra Sinfônica da USP com o oboísta Washington Barella; e da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, que tem como solista a pianista ucraniana Valentina Lisitsa; além de recitais dos pianistas Cristian Budu, Jean-Louis Steuerman, Kirill Gerstein, Tamila Salimdjanova, Paulo Álvares e Débora Halász.

Núcleo pedagógico
Com um total de 145 bolsistas e 40 professores, o festival oferece cursos de 16 instrumentos, composição e regência. Entre os professores estão nomes de expressão internacional, como a compositora inglesa Anna Clyne, o trompista alemão Stefan Dohr e o violonista uruguaio Eduardo Fernández, além dos maestros Marin Alsop e Giancarlo Guerrero, que lecionam regência e comandam as apresentações da Orquestra do Festival.

Outra ação tradicional do Festival de Campos é o intercâmbio com instituições parceiras, que enviam alunos e professores para o evento, além de oferecerem bolsas para alunos selecionados. Neste ano participam a Academia Real de Música (Londres), da Juilliard School (Nova York), o Conservatório Real de Haia, e a École Normale de Musique, de Paris.

Um dos pontos altos das atividades pedagógicas é o Prêmio Eleazar de Carvalho, que contempla o bolsista mais destacado de cada edição do festival com uma bolsa de estudos para qualquer instituição internacional de sua escolha. O prêmio é oferecido pela Secretaria de estado da Cultura, por intermédio da Fundação Osesp.

[Confira aqui a programação completa do 45º Festival de Campos do Jordão]

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página