Flauta Mágica encerra Festival Amazonas de Ópera 2012

por Redação CONCERTO 11/05/2012

O Festival Amazonas de Ópera (FAO) chega ao final de sua 16ª edição, que conta com a direção geral de Roberto Braga, a direção artística de Luiz Fernando Malheiro e a direção artística adjunta de Marcelo de Jesus. A Flauta mágica de Mozart entra em cartaz nos dias 13, 15, 17 e 20 de maio em uma montagem especialmente concebida para o FAO realizado pelo diretor norte-americano Robert Driver, em parceria com a Ópera da Filadélfia.

 

Sob a direção musical de Marcelo de Jesus, esta montagem traz no elenco os tenores Giovanni Tristacci e Enrique Bravo, (que se revesarão no papel de Tamino), as sopranos Gabriella Pace e Mirian Abad (Pamina), os barítonos Homero Velho e Josenor Rocha (Papageno), Laryssa Alvarazi e Kátia Freitas (Rainha da Noite), Sávio Sperandio e Roberto Paulo (Sarastro) e  Augusta Bacelar e Djhana Nobre (Papagena).

Composto em forma de singspiel, gênero leve do teatro lírico alemão, A Flauta mágica é um dos títulos mais aclamados da atualidade, inclusive por seu apelo a adultos e crianças, assegurado por sua envolvente narrativa fantástica. Em Manaus o diretor Driver promete uma concepção singular, focada na temática amazônica para sua versão da famosa obra de Mozart.