Gilberto Tinetti, 80 anos e muita música

por Redação CONCERTO 05/04/2012

Um dos principais pianistas brasileiros em atividade, professor de uma geração de instrumentistas e difusor da música para piano, Gilberto Tinetti completa nesta sexta-feira, dia 6 de abril, 80 anos de vida. No programa Manhã Cultura desta sexta-feira, dia 6 de abril, às 9h, Tinetti é entrevistado por Gioconda Bordon. Outra entrevista será concedida pelo pianista no Tarde Cultura, no mesmo dia às 16h.

Já o Supertônica, apresentado por Arrigo Barnabé, foi ao encontro do pianista para uma conversa sobre música, para o especial que irá ao ar no domingo de Páscoa, 8 de abril, às 19h. Haverá reapresentação no dia 11, às 21h.

Nascido em São Paulo em 1932, começou a estudar música com Josephina De Felice, passando em seguida a ser aluno de Hans Bruch. Mais tarde, em Paris, estudou com Magdalena Tagliaferro e, na Alemanha, com Friedrich Wührer, tendo frequentado os cursos de interpretação de Alfred Cortot.

Em 1959 Tinetti venceu o Concurso da Academia Internacional de Verão do Mozarteum de Salzburg, na Áustria, e desde então tem se apresentado em vários países da Europa, América Latina e Estados Unidos. Em 1970 realizou a primeira audição em Paris do Concerto nº 4 para piano e orquestra de Heitor Villa-Lobos.

No Brasil, apresenta-se nas principais salas de concerto, como recitalista, camerista e concertista, com especial destaque às atividades com o Trio Brasileiro, formado em 1975 por ele, Erich Lehninger e Watson Clis.

Gilberto Tinetti se destaca também nas atividades de ensino e divulgação da música para piano. Foi professor e diretor artístico dos Seminários de Música Pró Arte de São Paulo e de 1980 a 2002 professor do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da USP. Desde 1986 apresenta programas dedicados ao repertório pianístico na Rádio Cultura FM de São Paulo.

Em 1997 recebeu da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo o Prêmio Carlos Gomes, na categoria “melhor solista instrumental”. Em 1998, foi-lhe conferido pelo Rotary Clube de São Paulo o título de “personalidade do ano” em música. Em 1999 voltou a receber o Prêmio Carlos Gomes, desta vez como pianista do Trio Brasileiro, considerado o “melhor grupo de câmara” daquele ano. Em 2005, o Prêmio Carlos Gomes voltou a ser conferido ao Trio Brasileiro, pelos 30 anos de atividades artísticas ininterruptas.

[Clique aqui para ouvir a Cultura FM]