Instituto de Artes da Unesp e Sesc Consolação recebem a IX Bienal Internacional de Música Eletroacústica

por Redação CONCERTO 29/08/2012

Até o dia 6 de setembro acontece a IX Bimesp - Bienal Internacional de Música Eletroacústica de São Paulo. As apresentações e painéis estão divididos em dois momentos, com concertos de música acusmática no Instituto de Artes da Unesp (Teatro Maria de Lourdes Sekeff), até o dia 1º de setembro; e depois quatro concertos de música eletroacústica mista no Sesc Colsolação, de 4 a 6 de setembro.

 

O evento, que tem direção artística de Flo Menezes, conta este ano com as participações de músicos como Ricardo Bolgna e Horácio Gouveia, além da Camerata Aberta e do Percorso Ensemble. As homenagens desta edição ficam com os 50 anos de Flo Menezes e os 80 anos de François Bayle.

 

Confira abaixo a programação da IX Bimesp 2012:

29 de agosto, 20h30
Painel da Modernidade - anos 2000

Miguel Azguime: Liquidus Sonorus Luminaris I (two part invention for two oscillators) (2005)
Jens Hedman: Mix-up (2000)
Ricardo Mandolini: La Noche en que los peces flotaron (2001)
Fernando Iazzetta: Five places to remember (2008)
Gilles Gobeil: Le miroir triste (2007)

30 de agosto, 20h30
Painel dos Países – Chile

Federico Schumacher: El Espejo de Alicia (2009)
Alejandro Albornoz: El papel del vidrio (2009)
Felipe Otondo: Teocalli (2011)
Bryan Holmes: Desembocaduras (2008)
Adolfo Kaplán: En espiral (2010)
Aurelio Silva: La misteriosa terapia del Dr. Caverna y otras historias líquidas (2011)
Federico Schumacher: Acusmática de combate:
I: Las partículas elementales (2012)
II: Danza de la protesta (2011)
Curadoria: Federico Schumacher

31 de agosto, 19h
Painel Histórico 2 - anos 1990

Léo Küpper: Arbre-jeux de Rabelais (1994)
Christian Zanési: Archeion – Les voix de Pierre Schaeffer (1997)
Hans Tutschku: . erinnerung ... (1996) - 10’10"
Hans Humpert (in memoriam): Petrarca meets Babel (1995)
Robert Normandeau: Spleen (1993)
Rodrigo Cicchelli Velloso: Cymbals: reminiscência (1993)

31 de agosto, 20h30
Painel do Personagem 2 - Efeméride: 50 anos de Flo Menezes

Todos os cantos (2004-05)
O livro do ver(e)dito (2004)
Selva illuminata (2006)
Contextures I (hommage à Berio) (1988-89)
Motus in fine velocior – in memoriam Stockhausen (2008)

1º de setembro, 17h
Painel do Studio PANaroma 2

Alexandre Oliveira: Reflexos sobre um mar de cristal (2010-11)
Caio Barros: Vierter Satz (2009-10)
Aquiles Guimarães: Nanquim (2011)
George Alveskog: Zero (2011)
Fernando Visockis: Shinkansen (2011)
Júlio de Rizzo: Ad finitum (2011-12)
Sergio Abdalla: Uma variedade do lixo (2011)

1º de setembro, 19h
Painel do Personagem 3 – Efeméride: 80 anos de François Bayle

Arc, pour Gérard Grisey (1999), octofônica
Tremblement de terre très doux (1978), stereo
Voyage au centre de la tête (1981), stereo
Univers nerveux (2007), octofônica
Curadoria: François Bayle

4 de setembro, 20h30
Painel da Interatividade: obras para solistas e eletrônica
Karlheinz Stockhausen: Gesang der Jünglinge (1955-55)
Lucas Fagin: Crónica del oprimido (2005)
Flo Menezes: Parcours de l’entité (1994)
Barry Truax: Aerial (1979)
Sérgio Kafejian: Circulares (2012) – estreia mundial
Pierre Boulez: Dialogue de l’ombre double (1982-85)

Camerata Aberta
Flauta: Cássia Carrascoza
Clarinete: Luis Afonso Montanha
Trompa: Nikolay Genov
Trombone: Carlos Freitas
Percussão: Charles Augusto
Contrabaixo: Pedro Gadelha
Eletrônica: Sérgio Kafejian, Fernando Iazzetta e Flo Menezes

5 de setembro, 20h30
Painel das Escrituras Múltiplas: obras para ensemble e eletrônica de Flo Menezes – concerto didático

Contesture IV – Monteverdi altrimenti (1990-93)
Conferência de Flo Menezes sobre as obras
Pulsares (1998-2000)

Percorso Ensemble
Flautas: Cássia Carrascoza e Rogério Wolf
Oboé: Peter Apps
Clarinete: Sergio Burgani
Clarinete/Clarone: Luis Afonso Montanha
Corne inglês: Natan Albuquerque
Sax soprano: Tiago Sormani
Fagote: Francisco Formiga
Trompete: Carlos Sulpício
Trompa: Samuel Hamzem
Trombones: Carlos Freitas e Emerson Teixeira
Harpa: Liuba Klevtsova
Piano, sintetizador e celesta: Karin Fernandes
Piano, piano preparado e cravo: Horácio Gouveia
Percussão: Eduardo Gianesella e Ruben Zuniga
Violino: Simona Cavuoto
Viola: Elisa Monteiro
Violoncelo: Douglas Kier
Contrabaixo: Cláudio Torezan
Eletrônica: Flo Menezes
Regência: Flo Menezes (Contesture IV) e Ricardo Bologna (Pulsares)

6 de setembro, 20h30
Painel da Música Mista: obras para piano e eletrônica

Silvio Ferraz: Cortázar, ou quarto com caixa vazia (1990)
Luciano Berio: Thema (Omaggio a Joyce) (1958)
Luigi Nono: ... sofferte onde serene... (1976)
Jonathan Harvey: Le tombeau de Messiaen (1994)
Henri Pousseur: Forges (terceiro movimento de Trois Visages de Liège) (1961)
Flo Menezes: Profils écartelés (1988)

Piano: Horácio Gouveia.
Eletrônica: Silvio Ferraz e Flo Menezes