Mezzo Angelika Kirchschlager abre temporada do Mozarteum Brasileiro na Sala São Paulo

por Redação CONCERTO 04/04/2016

A mezzo austríaca Angelika Kirchschlager inaugura a temporada paulistana do Mozarteum Brasileiro, que comemora os 35 anos da instituição. Após participar do festival Música em Trancoso, também organizado pelo Mozarteum, Kirchschlager retorna ao palco da Sala São Paulo, onde esteve pela última vez em 2011, então acompanhada pela Camerata Bern.

 

Nascida em Salzburgo, Kirchschlager realizou sua educação no Mozarteum, onde estudou percussão e piano. Sua estreia no mundo da ópera aconteceu em 1993, na Ópera de Graz, interpretando Octaviano em O cavaleiro da rosa, de Strauss. Naquele mesmo ano ela entrou para a Ópera Estatal de Viena, onde seu primeiro papel também foi, curiosamente, “em travesti”, como o Cherubino de As bodas de Fígaro, de Mozart.

Dessa vez ela volta a São Paulo com a companhia da Capella Istropolitana, da Eslováquia, em concertos nos dias 5 e 6 de abril. O nome do grupo deriva da denominação grega de sua cidade natal, Bratislava, “Cidade do Danúbio”.

Sob o comando de seu diretor o violinista Robert Marecek, a Capella Istropolitana abre os programas da Sala São Paulo com a Sinfonia nº 3 de Schubert, e então, ainda em Schubert, acompanha Kirchschlager em uma seleção de canções. Completam o repertório árias e trechos orquestrais de operetas vienenses.

[Veja mais no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2016 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.