Ministério da Cultura planeja grande projeto de ópera

por Redação CONCERTO 15/10/2009

O Barbeiro de Sevilha, de Rossini, deverá ser o primeiro título de um grande projeto de ópera que está sendo gestado pelo Ministério da Cultura. A ópera de Rossini deverá percorrer 20 cidades brasileiras, de norte a sul, em mais de 100 apresentações, por uma orquestra e elenco fixos especialmente contratados. Idealizado pelo maestro John Neschling, o projeto se estenderá de abril a outubro do ano que vem. Com um custo estimado de R$ 14 milhões, um dos objetivos da iniciativa é de levar ópera a cidades que há muitos anos não tiveram apresentações do gênero – cidades que estão ao norte de Minas Gerais –, e é aí justamente que reside uma das dificuldades, que é a precariedade de teatros na região Norte e Nordeste do país.

Se o projeto for confirmado, trata-se de uma importante medida para a difusão e revitalização da atividade lírica. E será a primeira vez em muitos anos que o Ministério da Cultura investe, de maneira focada, em um grande projeto da área da música erudita.