Morre cravista Nicolau de Figueiredo

por Redação CONCERTO 06/07/2016

O cravista Nicolau de Figueiredo, de 56 anos, morreu na manhã desta quarta-feira, dia 6 de julho, em São Paulo, onde residia. Notícias ainda não confirmadas afirmam que o músico sofreu um enfarto. Também não há ainda informações sobre velório ou sepultamento.

 

Nicolau de Figueiredo foi um dos mais destacados cravistas de sua geração. Após iniciação musical no Brasil, mudou-se para a Europa para cursar o Conservatório Superior de Música de Genebra, onde estudou com Christiane Jaccottet e Lionel Rogg, e conquistou o Primeiro Prêmio de Virtuosismo. Mais tarde aperfeiçoou-se com Kenneth Gilbert, Gustav Leonhard e Scott Ross. Na década de 1990 viveu na Basileia, onde foi professor na Schola Cantorum Basiliensis. Paralelamente deu cursos no Centro de Música de Versalhes e na Universidade de Dortmund. De 2004 a 2007, foi professor de canto barroco no Conservatório de Paris.

Paralelamente a sua carreira de docente, Nicolau trilhou destacada trajetória artística, com grupos como Europa Galante, Orchestra of the Age of Enlightenment e Concerto Köln, sob direção de maestros como Fabio Biondi e René Jacobs. O músico também venceu o Primeiro Prêmio do Concurso Internacional de Nantes (1984) e o de Roma (1985). Em 2006, Nicolau de Figueiredo gravou um CD com sonatas de Scarlatti que lhe rendeu o prêmio “Choc” da prestigiosa revista francesa Le Monde de la Musique. (Em 2007, o Selo CLÁSSICOS da Revista CONCERTO lançou o CD no Brasil.)

Nos últimos anos, Nicolau de Figueiredo retomou suas atividades no Brasil, como cravista e como maestro. Atualmente era professor na Escola Municipal de Música, onde dirigia o Núcleo de Música Antiga.

Nelson Rubens Kunze, diretor-editor da Revista CONCERTO, lamentou a morte: “Estamos tristes. Nicolau estabeleceu um nível de interpretação absolutamente incomum, de uma sensibilidade musical extraordinária. Além disso, era grande amigo da Revista CONCERTO”.

No Facebook, diversos colegas músicos comentaram consternados a súbita morte de Nicolau de Figueiredo.