Morre o pianista Ney Salgado (1935-2015)

por Redação CONCERTO 08/09/2015

O pianista Ney Salgado, destacado concertista e ex-professor da Universidade de Brasília, morreu na última sexta-feira, 4 de setembro, em Brasília, onde residia. O músico, que completou 80 anos em maio passado, lutava contra um câncer na próstata. Ney Salgado era natural de São Paulo, onde estudou com Joseph Kliass e H.J. Koellreutter. Cedo mudou-se para a Europa, onde se aperfeiçoou em Viena e Genebra – na escola desta última, conquistou o prêmio de virtuosismo na classe de Louis Hiltbrand.

O artista desenvolveu uma importante carreira como pianista na América de Norte e Latina, na Ásia e na Europa, especialmente Alemanha, onde gravou para rádios como DeutscheWelle e Südwest Rundfunk. Ney Salgado também teve obras a ele dedicadas por compositores como Claudio Santoro e Almeida Prado.

De volta ao Brasil, Salgado tornou-se professor da Universidade de Brasília. O artista também recebeu diversas premiações como o Prêmio Carlos Gomes (em São Paulo, 2004), e o a Ordem de Serviços Culturais do Ministério da Cultura polonês.

O velório de Ney Salgado ocorreu no sábado e domingo em sua residência em Brasília. Na segunda, dia 7, seu corpo foi cremado no Cemitério Campo da Esperança.

Clássicos Editorial Ltda. © 2015 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.