Nathalie Stutzmann canta Schubert em São Paulo e no Rio

por Redação CONCERTO 19/09/2009

Considerada uma das maiores vozes de sua geração, a contralto Nathalie Stutzmann, acompanhada pela pianista Inger Södergren, é a grande atração deste mês dentro da temporada da Sociedade Cultura Artística dias 21 e 22, na Sala São Paulo. No Rio de Janeiro, a artista abre a série internacional da Dell’Arte, dia 28 de setembro, na Sala Cecília Meireles.

Nathalie Stutzmann começou a estudar canto com sua mãe, a soprano lírica Christiane Stutzmann, e mais tarde prosseguiu-os na École Lyrique de L’Opéra de Paris, onde concentrou suas atenções no lied alemão, sob a orientação do barítono Hans Hotter. A cantora é também é pianista, fagotista e musicista de câmara.

A artista realizou mais de 50 gravações para vários selos, incluindo Erato, Philips, EMI, DG, Harmonia Mundi, Sony e Virgin. A qualidade destes registros rendeu-lhe diversos prêmios, como o Deutsche Schallplatten Kritik, o Diapason d’Or, o Japan Record Academy Award e o Grammy.

Desde 1994 Stutzmann se apresenta em recitais e realiza gravações com a pianista Inger Södergren, que também a acompanhará nos recitais brasileiros. Nascida na Suécia, Södergren começou seus estudos em Estocolmo, onde recebeu uma bolsa da Academy of Music. Seguiu aperfeiçoando-se em Viena, Salzburgo e Paris, com mestres como Carlo Zecchi, Nadia Boulanger e Yvonne Lefébure. Realizou elogiadas gravações para o selo Calliope, que igualmente lhe renderam prêmios: Diapason d’Or, Choc (da revista Le Monde de La Musique) e Grand Prix du Disque da Academia Charles Cros.

Nos recitais brasileiros, Stutzmann se concentrará na interpretação de Lieder de Schubert. Em São Paulo, o público poderá conferir o ciclo A bela moleira (dia 21) e O canto do cisne (dia 22).

[Clique aqui para mais detalhes do Roteiro Musical.]