Neschling volta a reger em São Paulo

por Redação CONCERTO 25/10/2010

Nesta quarta-feira, dia 27, chega a São Paulo O barbeiro de Sevilha, primeira montagem da Cia. Brasileira de Ópera, companhia itinerante idealizada pelo maestro John Neschling que tem viajado por todo o Brasil. Esta produção da célebre ópera de Rossini tem uma proposta inovadora: os cenários e personagens desenhados pelo cartunista americano Joshua Held são projetados sobre uma grande tela e interagem com os cantores no palco, proporcionando um espetáculo de grande poder de sedução. A regência das apresentações em São Paulo estarão a cargo do maestro Neschling, que não regia no Brasil desde que foi destituído do posto de diretor artístico da Osesp no início de 2009 – após mais de uma década à frente da orquestra.

 

No elenco do Barbeiro de Sevilha estão Homero Velho e Federico Sanguinetti (como Figaro), Luisa Francesconi e Anna Pennisi (como Rosina) e Saulo Javan e Pepes do Valle (como Bartolo), entre outros. A direção executiva da temporada é de José Roberto Walker, a direção cênica do italiano Pier Francesco Maestrini e o grupo conta ainda com importantes profissionais como Abel Rocha, Victor Hugo Toro, Mauro Wrona e Walter Neiva.

As récitas acontecem no Teatro Alfa, nos dias 27, 28, 29 e 30 de outubro às 21h, dias 31 de outubro e 2 de novembro às 19h e nos dias 1 e 3 de novembro às 21h.

Para as crianças
Nos dias 30 e 31 de outubro às 16h no Teatro Alfa a Cia. Brasileira de Ópera faz uma versão didática e resumida de O barbeiro de Sevilha, com os principais trechos da ópera apresentados por um dos personagens, que conversa com a plateia, fala sobre a ópera e conduz as crianças pela divertida história. As récitas infantis têm preços populares de R$ 2,00 e classificação livre.

Após passar por São Paulo, a Companhia se apresenta dias 20 e 21 de novembro no Teatro Pedro II em Ribeirão Preto e encerra a turnê com apresentações no Teatro Municipal do Rio de Janeiro de 24 a 28 de novembro.