Ópera "O elixir do amor" abre 12º Festival de Ópera do Teatro da Paz

por Redação CONCERTO 06/08/2013

Com direção de Gilberto Chaves e Mauro Wrona, o Festival de Ópera do Teatro da Paz chega à sua 12ª edição com três montagens inéditas – duas delas com estreia e récitas em agosto (leia mais sobre o festival na edição de agosto da Revista CONCERTO).

 

O elixir do amor, de Donizetti, é que dá início ao festival, no dia 8. Com direção musical de Emiliano Patarra e direção cênica de Iacov Hillel, a peça tem em seu elenco o tenor Atalla Ayan, a soprano Carmen Monarcha, o barítono Homero Velho e o baixo Saulo Javam, entre outros. A música é da Orquestra Jovem Vale Música e do Coral Lírico do Festival (com preparação de Vanildo Monteiro). Participam também bailarinas da Cia. de Dança Ana Unger. O espetáculo será reapresentado nos dias 10 e 12 de agosto.

No dia 28, o festival homenageia o bicentenário de Giuseppe Verdi com a encenação de Il Trovatore – há récitas também no dia 30 de agosto e 1º de setembro. A direção musical é de Silvio Viegas, que rege a Orquestra Sinfônica do Teatro da Paz, e a direção cênica fica a cargo de Mauro Wrona. No elenco, destaque para a soprano Eliane Coelho, o tenor Walter Fraccaro, a mezzo Denise de Freitas e o baixo Sávio Sperandio. O maestro Vanildo Monteiro é responsável pela preparação do Coral Lírico do Festival.

Nos dias 21, 23 e 25 de setembro o festival ainda apresentará O navio fantasma, de Richard Wagner.

[Veja detalhes no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2013 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.