Orquestra Filarmônica de Minas Gerais interpreta Mahler em Belo Horizonte

por Redação CONCERTO 03/05/2016

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais abre o mês de maio com um concerto especial: nos dias 5 e 6, sob regência de seu titular e diretor artístico Fabio Mechetti, interpreta A canção da terra, de Gustav Mahler. A obra é um dos pontos altos da criação do início do século XX e da trajetória do compositor, que nela aborda alguns dos temas que sempre o interessaram, como a relação entre o homem e a natureza. São, ao todo, seis canções, que serão interpretadas em Belo Horizonte pela mezzo-soprano Denise de Freitas e o tenor Fernando Portari, dois destacados nomes do canto lírico nacional. O programa tem ainda O canto do Rouxinol, de Stravinsky.

 

O grupo volta ao palco da Sala Minas Gerais no dia 14, para mais um concerto da série Fora de Série. O programa, comandado por Mechetti, será aberto por três obras de Leopold Mozart, pai do compositor: A viagem musical de trenó, o Concerto para trombone alto (com solos do inglês Mark John Mulley, integrante da orquestra) e a Sinfonia dos brinquedos. Em seguida, peças de Mozart. A soprano Claudia Azevedo, que tem passagens por palcos como os teatros municipais de Rio de Janeiro e São Paulo, interpreta duas árias de concerto do compositor. E, encerrando a apresentação, os pianistas Celina Szrvinsk e Miguel Rosselini são os solistas no Concerto para dois pianos K.365.

[Veja mais no Roteiro Musical]