OSB abre temporada com ótimo concerto

por Redação CONCERTO 15/08/2011

Repetindo o sucesso de suas apresentações no Rio de Janeiro, a Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) abriu ontem (14 de agosto) a sua série paulista, Safira, com um concerto na Sala São Paulo. Sob regência do maestro Lorin Maazel – que de última hora substituiu Kurt Masur impedido por motivos de saúde – a OSB fez um concerto de seu Festival Beethoven, executando um repertório exclusivamente dedicado ao compositor alemão: Abertura Egmont op. 84, Concerto para piano nº 3 (com a pianista ucraniana Valentina Lisitsa) e a Sinfonia nº 3, Eroica.

 

Foi surpreendente o desempenho da orquestra após esses meses todos de recesso. Cordas homogêneas, bonitos solos, equilíbrio entre naipes, timbres cuidados e precisão rítmica proporcionaram um bom veículo para a leitura beethoveniana de Lorin Maazel. O maestro convidado magnetizou a orquestra, extraindo do grupo uma brilhante e emocionante interpretação. E a pianista Valentina Lisitsa também correspondeu. A jovem tem, além de apurada e limpa técnica, um belo toque pianístico. Assim, o Concerto para piano foi o ponto culminante de uma apresentação que no todo foi muito especial. Ao final do concerto, a Sala São Paulo, lotada, aplaudiu vigorosamente durante muitos minutos.

Essas apresentações da OSB são as primeiras desde os graves desentendimentos que levaram à demissão de mais de 30 instrumentistas. A saída de Roberto Minczuk da direção artística – o maestro segue regente titular – e a contratação de uma direção compartilhada entre Fernando Bicudo e Pablo Castellar levaram a uma nova proposta de reconciliação, que está sendo analisada pelos demitidos. Além disso, pelo menos 12 novos instrumentistas estrangeiros aguardam a liberação de seus vistos de trabalho. Assim, a orquestra que está realizando o Festival Beethoven ainda conta com muito músicos avulsos em regime de cachê.

O Festival Beethoven da OSB conduzido por Lorin Maazel segue com concertos no Rio de Janeiro dia 16 (Sinfonias nºs 4 e 5), dia 18 (Sinfonias nºs 6 e 7) e dias 20 e 21 (Sinfonias nºs 8 e 9). Já o próximo concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira em São Paulo será no fim do mês, dia 30 de agosto, sob regência de Roberto Minczuk. [NRK]