Osesp interpreta o “Réquiem” de Verdi

por Redação CONCERTO 16/03/2016

A Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo volta ao palco da Sala São Paulo nos dias 17, 18 e 19, um programa que traz um dos pilares do repertório: o Réquiem de Giuseppe Verdi. Arrebatadora, a peça sacra é a obra não-operística mais conhecida do italiano, famosa especialmente por seu Dies irae.

 

Para a massiva interpretação, que dura cerca de 90 minutos, a Osesp recebe um time de solistas vocais formado pelas norte-americanas Angela Meade (soprano) e Michelle Deyoung (mezzo), pelo ucraniano Dmytro Popov (tenor) e pelo brasileiro Savio Sperandio (baixo). Participam também o Coral Lírico Paulista, o Coro Acadêmico e o Coro da Osesp. A regência é novamente de Marin Alsop.

 

Ouvinte Crítico
Os concertos terão votação aberta no Ouvinte Crítico. A enquete será lançada na quinta-feira, dia 17 de março.

 

[Veja mais no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2016 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.