Osesp lança temporada 2012 e divulga datas e valores das assinaturas

por Redação CONCERTO 20/10/2011

Com o tema “Tempos de guerra e de paz”, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo apresenta sua temporada 2012 e divulga as datas e preços das séries de assinaturas. Ao todo, a temporada terá 124 apresentações na Sala São Paulo, participação de mais de 80 regentes e solistas, dos Coros e dos conjuntos de câmara da Osesp.

 

Dentre os artistas convidados estão os maestros Carlo Rizzi, Jaap van Zweden, Richard Armstrong, Thomas Dausgaard, Giancarlo Guerrero, Carlos Kalmar, Louis Langrée, Frank Shipway, Antoni Wit, Isaac Karabtchevsky e Roberto Tibiriçá, além da nova regente titular, Marin Alsop (foto) e seu adjunto Celso Antunes.

Como solistas, destacam-se András Schiff, Hilary Hahn, Nelson Freire, David Fray, Marc-André Hamelin, Maria João Pires e Louis Lortie.

Venda de assinaturas
Na primeira fase da venda de assinaturas, os já assinantes poderão fazer renovação e troca de assinaturas (de 3 de novembro a 8 de dezembro) e na segunda fase, todos os interessados poderão adquirir assinaturas (de 9 a 29 de dezembro). As assinaturas são adquiridas somente pelo site da Osesp (http://www.osesp.art.br/) ou pelo telefone (11) 4003-2052 em horário comercial.

Valores
Os valores das séries sinfônicas, com três a oito concertos no ano, vão de R$156 a R$1.280 (haverá valores promocionais de 123 a R$ 982). As séries Coral/de Câmara/Recitais e Quarteto Osesp, com quatro a seis concertos no ano, têm preços que vaiam de R$248 a R$420 (valores promocionais de R$ 194 a R$327) e a série de câmara Um Certo Olhar, com seis concertos no ano, tem preço único R$ 336 (valor promocional de R$ 264). Estudantes, aposentados e maiores de 60 anos têm 50% de desconto sobre o valor integral.

A temporada [Veja a temporada completa. Clique aqui.]
Durante o ano, a Osesp apresenta quatro ciclos completos de obras, com os cinco Concertos para Piano de Mozart, as Quatro Sinfonias de Brahms, as três Sinfonias de Leonard Bernstein e quatro Sinfonias de Shostakovich.

Pela primeira vez, a Osesp terá um Artista em Residência, o violoncelista Antonio Meneses, que fará dois programas com a Orquestra, dois programas de câmara e uma aula. A Osesp terá também Alfred Schnittke como compositor transversal, com obras por toda a temporada. Além disso, haverá uma série especial com três programas e nove apresentações, que celebrará o centenário do maestro Eleazar de Carvalho, que dirigiu a Osesp de 1973 até sua

Também está prevista a continuação da gravação da integral das Sinfonias de Prokofiev regida por Marin Alsop, das 11 Sinfonias de Villa-Lobos com Isaac Karabtchevsky, um CDs com a obra coral de Aylton Escobar com o Coro da Osesp regido por Naomi Munakata, além do registro de peças de Strauss com Frank Shipway e obras de Paul Hindemith com Yan Pascal Tortelier.

As iniciativas para democratizar o acesso aos concertos continuam na programação dos Concertos Matinais (gratuitos), Concertos a Preço Popular e Ensaios Abertos, assim como nos projetos educativos da Fundação Osesp, que devem atender mais de 80 mil crianças e adolescentes, e cerca de 800 professores das redes pública e privada.

No último programa do ano, a Osesp sob direção de Marin Alsop estreia a Suíte Chico, um arranjo de Luiz Cláudio para melodias do compositor popular Chico Buarque de Holanda.