Osesp recebe Tito Muñoz como regente convidado

por Redação CONCERTO 02/06/2015

A Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo tem regência de Tito Muñoz na primeira trinca de concertos de junho, nos dias 4, 5 e 6. Nascido em Nova York, Muñoz é o atual diretor musical da Sinfônica de Phoenix, e tem passagens por importantes grupos, como a Orquestra de Cleveland, da qual foi regente assistente, nomeado pelo diretor artístico do conjunto, Franz Welser-Möst.

 

Como solista a orquestra recebe o clarinetista inglês Julian Bliss. Instrumentista precoce, Bliss teve seu primeiro contato com o clarinete já aos quatro anos de idade, e aos 11 anos mudou-se para os Estados Unidos, onde ingressou na Universidade de Indiana. Entre seus professores estão a clarinetista alemã Sabine Meyer, de quem foi aluno na Academia de Música de Lübeck.

Com a Osesp ele interpreta o Concerto de Nielsen – composta em 1928, a obra tem apenas um longo movimento contínuo, que abarca quatro temas. O programa se completa com a breve Green, de Toru Takemitsu – compositor transversal da atual temporada da Osesp –, e a Sinfonia nº 8 de Beethoven. No dia 7, Muñoz e Bliss voltam a tocar com a Osesp, dessa vez em concerto matinal, que conta com as peças de Nielsen e Beethoven.

[Veja mais no Roteiro Musical]

Clássicos Editorial Ltda. © 2015 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.