Osesp tem fim de semana dedicado ao compositor visitante James MacMillan

por Redação CONCERTO 07/10/2014

Nos dias 9, 10 e 11 de outubro a maestrina titular da Osesp, Marin Alsop, volta ao pódio da Sala São Paulo para mais uma trinca de concertos sinfônicos da orquestra. A ocasião é especial, e o programa tem como destaque duas peças do escocês James MacMillan, compositor visitante da atual temporada, que estará presente nos ensaios (leia entrevista com o compositor na edição de outubro da Revista CONCERTO; disponível aqui para assinantes).

 

Nascido em Kilwinning, MacMillan estudou composição na Universidade de Edimburgo, onde foi aluno de Rita MacAllister. Mais tarde, ingressou na Universidade de Durham, na Inglaterra, estudando sob a tutela de John Casken. Depois de graduado, retornou à Escócia, onde iniciou um período como compositor associado da Orquestra de Câmara Escocesa.

O ponto de virada de sua carreira foi no Proms de 1990, quando a Orquestra Sinfônica Escocesa da BBC fez a estreia de A confissão de Isobel Gowdie. A peça foi um sucesso e permitiu que MacMillan se estabelecesse como compositor, recebendo encomendas de peças concertantes de nomes como Evelyn Glennie e Mstislav Rostropovich.

Dele, a Osesp interpreta Britannia e A mulher do Apocalipse – completa o repertório a Primeira sinfonia de Brahms.

Na quarta-feira, dia 8, às 19h30, o artista participa do encontro Música na Cabeça, com entrada grátis.

Mais MacMillan
James MacMillan aproveita sua passagem por São Paulo e ainda rege o Coro da Osesp no dia 12 de outubro, às 16h. O repertório traz peças de Tomás Luís de Victoria e Poulenc, além de Sun dogs, Màiri e O Bone Jesu, do próprio MacMillan.

[Veja mais no Roteiro Musical: OsespCoro da Osesp]

[Nota atualizada às 12h do dia 8/10/2014]

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.