Pablo Rossi e Emmanuele Baldini tocam Schumann e Chopin no Cultura Artística Itaim

por Redação CONCERTO 16/08/2010

Dentro da série Concertos de câmara Promon 50 anos, o pianista catarinense Pablo Rossi e o spalla da Osesp, Emmanuele Baldini, fazem no dia 18 de agosto no Cultura Artística Itaim uma apresentação inteiramente dedicada a Schumann e Chopin. Eles apresentam, de Schumann, Três Romances, op. 94 (que possui versão para oboé e piano) e Marchenbilder op. 113 (originalmente composta para viola e piano). Na segunda parte do concerto, Pablo Rossi interpreta as Impressões Seresteiras de Heitor Villa-Lobos e também Berceuse e Cinco Estudos op. 10 (nº 8 a nº 12), de Chopin.

No dia 29, na Fundação Maria Luisa e Oscar Americano, Pablo Rossi volta a abordar o repertório romântico de Schumann e Chopin dentro da série “Duas estrelas do romantismo musical”. Na ocasião, Pablo toca a Sonata nº 2 op. 22 de Schumann e, de Chopin, os scherzos nº 1 op. 20, nº 4 op. 54 e nº 2 op. 31, além dos noturnos op. 48 nºs 1 e 2.

Aluno do Conservatório Tchaikovsky de Moscou, o catarinense de Florianópolis Pablo Rossi, de 21 anos, iniciou os estudos musicais aos seis anos e, um ano depois, vencia o concurso para piano Jovens Intérpretes, na cidade de Lages. Nos anos seguintes conquistou o Prêmio Revelação no 32º Festival de Inverno de Campos do Jordão, o 1º lugar no 10º Concurso de Piano Artlivre, o VII Concurso Nacional Magda Tagliaferro; e, no exterior, o 13º Concurso Internacional de Córdoba, na Argentina, e o 11º Concurso Internacional de Piano Perfecto García Chornet, na Espanha. Tocou com a Orquestra de Câmara do Kremlin, a Orquestra Sinfônica de Kirov e, no Brasil, apresenta-se com conjuntos como a Osesp, a OSB, a Sinfônica de Ribeirão Preto e Orquestra de Câmara Solistas de Londrina, entre outras. Nos dois últimos anos, fez mais de vinte recitais na Europa, Estados Unidos e América Latina; e gravou seu primeiro CD aos 11 anos, com obras de Chopin, Bartók, Schumann, Tchaikovsky, Rachmaninoff, Shostakovich e Nepomuceno. Em 2008 lançou o CD “Pablo Rossi – Live at Steinway Hall”, com obras de Mozart, Villa-Lobos, Prokofiev e Chopin – gravado ao vivo em Londres.

Emmanuele Baldini nasceu em Trieste, na Itália. Estudou no Conservatório de Genebra e música de câmara com o Trio di Trieste e Franco Rossi. Em Berlim, aprefeiçoou-se com Ruggiero Ricci e, após vencer o prêmio Virtuositè, em Genebra, passou a viajar por toda a Itália e principais cidades europeias: Munique, Viena, Berlim, Frankfurt, Salzburgo e Copenhague. Nos EUA, tocou em Nova York, Miami e Phoenix, além de realizar quatro grandes turnês no Japão.
Já tocou com a Orquestra Suisse Romande, Wiener Kammerorchester e a Sinfônica de Trieste, entre outras. É spalla da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo desde 2005 e sua discografia inclui as sonatas para violino e piano de Carl Maria von Weber e Felix Mendelssohn, além da obra completa de Giuseppe Martucci para a mesma formação.

[Acompanhe o Twitter da CONCERTO para concorrer a ingressos para a apresentação do dia 18 de agosto]