Palácio das Artes estreia produção de “O guarani”, de Carlos Gomes

por Redação CONCERTO 10/11/2016

O Palácio das Artes de Belo Horizonte presta este mês sua homenagem ao compositor Carlos Gomes. No momento em que se lembram os seus 180 anos de nascimento e 120 anos de morte, o centro cultural mineiro estreia hoje (quinta-feira) uma nova produção de O guarani, a mais conhecida das óperas do autor, que será apresentada também nos dias 12, 14, 16, 18 e 20 de novembro.

 

O guarani estreou em 1870 no Scala de Milão. Foi a primeira ópera de Gomes a subir aos palcos italianos e deu fama imediata ao autor. A história é baseada no romance de José de Alencar, um dos pilares do romantismo brasileiro. Nele, o índio Peri e a jovem portuguesa Cecilia enfrentam diferentes perigos para ficar juntos. A temática nacional insere O guarani no contexto da cultura brasileira do século XIX ao mesmo tempo em que, musicalmente, a ópera mantém ligação próxima com a linguagem italiana, com Verdi como principal influência.

A concepção cênica da produção mineira é assinada pelo diretor Walter Neiva e o maestro Silvio Viegas comanda a Orquestra Sinfônica e o Coral Lírico de Minas Gerais. No elenco, importantes cantores brasileiros: o tenor Richard Bauer, a soprano Marina Considera, os baixos Sávio Sperandio e José Gallisa, que retorna ao Brasil para uma ópera após diversos anos radicado na Alemanha, o barítono Michel de Souza e o tenor Matheus Pompeu, entre outros.

[Veja mais no Roteiro Musical]