Petrobras Sinfônica interpreta trechos de óperas e relembra Shakespeare

por Redação CONCERTO 07/07/2016

A Orquestra Petrobras Sinfônica sobe ao palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro nesta sexta-feira, dia 8, para um programa dedicado à ópera – e ao universo da música romântica. A regência é do titular da sinfônica do Theatro Municipal, Tobias Volkmann, e conta com a participação do tenor Fernando Portari. Nome símbolo da geração atual de cantores brasileiros, Portari vai interpretar árias de Verdi, Carlos Gomes, Puccini e Delius – e a orquestra completa o programa com a Abertura Romeu e Julieta, de Tchaikovsky.

 

Os compromissos seguintes do grupo integram a série de concertos gratuitos em igrejas. O primeiro deles é no dia 16, na Paróquia da Ressurreição, e o segundo, no dia 17, na Igreja Nossa Senhora Aparecida. Em ambos, o repertório é formado por obras de Gluck (a abertura da ópera Orfeu e Eurídice), Sibelius (Andante festivo) e Haydn (Sinfonia concertante em si bemol maior), e pela estreia mundial de Um ano no Brasil, de Keane Southard, jovem compositor que passou uma temporada no país com uma bolsa da Comissão Fullbright. A regência é de Sammy Fuks.

[Veja mais no Roteiro Musical]