Prêmio CONCERTO divulga finalistas; leitores podem votar no Ouvinte Crítico

por Redação CONCERTO 14/12/2015

A Revista CONCERTO divulga os finalistas do Prêmio CONCERTO 2015, que chega este ano à sua quarta edição. São cinco categorias – Ópera; Música Orquestral; Música de Câmara /  Recital / Coral; Jovem Talento; CD / DVD / Livro –, além do Grande Prêmio. Todos os finalistas e vencedores foram definidos após discussões e votações de um júri formado por especialistas da área musical.

 

A banca foi a mesma do ano passado, e contou com Camila Frésca, Irineu Franco Perpetuo, João Luiz Sampaio, João Marcos Coelho, Nelson Rubens Kunze e Sidney Molina.

 

Os vencedores serão conhecidos na edição de janeiro e fevereiro de 2016 da Revista CONCERTO, e os leitores do Site CONCERTO poderão escolher seus concorrentes favoritos no Ouvinte Crítico especial Prêmio CONCERTO 2015, que fica no ar até o dia 21 de dezembro (às 8 horas). Confira abaixo os finalistas em cada categoria.

 


 

 

Grande Prêmio
Cláudio Cruz, maestro e violinista – por seu trabalho de excelência à frente da Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, além de sua destacada atuação como solista durante a temporada
Filarmônica de Minas Gerais / Sala Minas Gerais – pelo alto padrão de qualidade atingido em pouco tempo, que transformou Belo Horizonte em um dos polos da música clássica brasileira
Isaac Karabtchevsky – por seu trabalho com a Sinfônica Heliópolis e Petrobras Sinfônica, pela sequência das gravações das sinfonias de Villa-Lobos com a Osesp, e pela grande interpretação do Gurre-Lieder, de Schönberg, também com a orquestra paulista
[Vote aqui no Grande Prêmio]

 


 

Ópera
O homem dos crocodilos, de Arrigo Barnabé, e Édipo Rei, de Igor Stravinsky, no Theatro São Pedro de São Paulo, com Paulo Braga (direção musical), Luiz Fernando Malheiro (direção musical) e Caetano Vilela (direção cênica)
Os pescadores de pérolas, de Georges Bizet, no Festival de Ópera do Theatro da Paz, em Belém, com Miguel Campos Neto (direção musical) e Fernando Meireles (direção cênica)
Thaïs, de Jules Massenet, no Theatro Municipal de São Paulo, com Alain Guingal (direção musical) e Stefano Poda (direção cênica)
[Vote aqui na categoria Ópera]

 


 

Música Orquestral
Orquestra do Festival de Budapeste, com Iván Fischer (regente), Miah Persson (soprano) e Alexander Toradze (piano), em promoção da Cultura Artística e Dell’Arte
Orquestra Sinfônica Brasileira com Roberto Minczuk (regente), Jean Louis Steuerman (piano) e Rosana Lamosa (soprano), com a Integral das Bachianas brasileiras, de Heitor Villa-Lobos
Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, com Isaac Karabtchevsky (regente), com o Coro da Osesp, o Coro Acadêmico da Osesp, o Coro de Câmara Franz Liszt, de Weimar, Músicos do Instituto Baccarelli, e solistas vocais, com as Gurre-Lieder, de Arnold Schönberg
[Vote aqui na categoria Música Orquestral]

 


 

Música de Câmara / Recital / Coral
Evgeny Kissin, piano, em promoção da Cultura Artística e Dell’Arte
Pierre-Laurent Aimard, em promoção da Cultura Artística
Quarteto Brodksy, no Festival de Inverno de Campos do Jordão
[Vote aqui na categoria Música de Câmara / Recital / Coral]

 


 

Jovem Talento
Daniel Murray, violão
Fábio Martino, piano
Giovanni Tristacci, tenor
[Vote aqui na categoria Jovem Talento]

 


 

CD / DVD / Livro
Cria – nova música brasileira para piano, CD de Karin Fernandes (independente)
As Cantatas de J.S. Bach, livro de Alfred Dürr; tradução Claudia Sibylle Dornbusch e Stefano Paschoal (Edusc)
Henrique Alves de Mesquita: da pérola mais luminosa à poeira do esquecimento, livro de Antonio J. Augusto (Folha Seca)
[Vote aqui na categoria CD / DVD / Livro]

Clássicos Editorial Ltda. © 2015 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.