Projeto de financiamento coletivo supera meta e NUO deve finalizar sede própria no primeiro semestre

por Redação CONCERTO 22/01/2014

O NUO, Núcleo Universitário de Ópera, teve sucesso em seu projeto de arrecadação de fundos para a construção de sua sede própria, em São Paulo. As obras já estavam em fase final, e o grupo necessitava de R$ 34 mil para terminar o prédio, que contará com espaços para ensaio e apresentações.

O dinheiro foi angariado por meio do site de financiamento coletivo Catarse (veja aqui a página do projeto do NUO). A meta foi ultrapassada, atingindo R$ 37.225. O excedente, de acordo com Paulo Maron, criador do grupo, também será destinado às obras.

Ainda segundo Maron, a sede do NUO deve ficar totalmente pronta no final do primeiro semestre deste ano. Em fevereiro, porém, o prédio já deve estar apto a receber ensaios do grupo, que encena, em março, A ópera do mendigo, de John Gay, no Centro Cultural Barco, em Pinheiros – o NUO apresentou o mesmo espetáculo no final de 2013, na Sala Crisantempo, na Vila Madalena.

A estreia da nova sede do NUO, localizada no bairro do Ipiranga, deve ocorrer em outubro, com uma montagem de O cavalheiro burguês, que tem texto de Molière e música de Jean-Baptiste Lully.

Fundado em 2003, o NUO tem como objetivo dar oportunidade para jovens estudantes de canto lírico de participarem de montagens operísticas. O projeto desenvolveu em um corpo estável de cantores e uma orquestra, e trabalha principalmente com a formação de novas plateias.

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.