Quarteto Takács, da Hungria, se apresenta em São Paulo e no Rio de Janeiro

por Redação CONCERTO 31/07/2015

Em agosto o Quarteto Takács faz três apresentações pelo país – duas em São Paulo, nos dias 2 e 4, em promoção da Cultura Artística; e uma no Rio de Janeiro, no dia 6, como parte da série da Dell’Arte. Fundado em 1975, na Academia Franz Liszt, em Budapeste, o quarteto ganhou notoriedade internacional em 1977, quando venceu a Competição Internacional de Quartetos de Cordas de Evian, na França.

 

Desde então, o grupo passou por diversas transformações, mantendo de sua formação original o violinista Károly Schranz e o violoncelista András Fejér. Completam o grupo o violinista Edward Dusinberre e a violista Geraldine Walther.

Os dois concertos paulistas do Quarteto Takács acontecem na Sala São Paulo, cada um deles com um repertório diferente. No dia 2, são apresentados quartetos de Haydn (Apponyi), Debussy (op. 10) e Beethoven (Razumovsky); no dia 4, novamente Haydn (Apponyi), Bartók (nº 4) e Schubert (A morte e a donzela) – mesmo programa apresentado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, no dia 6 de agosto.

[Veja mais no Roteiro Musical: dia 2dia 3dia 6]

Clássicos Editorial Ltda. © 2015 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.