Regente holandês dirige Osesp com solos do espanhol Ramón Ortega Quero

por Redação CONCERTO 01/09/2010

Em um mês especialmente interessante, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo tem cinco programas sinfônicos, recitais de piano, concertos de câmara, matinais e apresentações itinerantes. Nos dias 2, 3 e 4 a Osesp é comandada por Kees Bakels. O regente holandês rege Dvorák, Strauss e Beethoven, tendo como solista o jovem oboísta espanhol Ramón Ortega Quero, que toca no Concerto para Oboé de Richard Strauss.

 

Ramon Ortega Quero, nasceu em 1988, venceu o primeiro prêmio da ARD Competition de Munique, em 2007. Além da carreira solista, Ramón é desde 2008 Principal Oboé da Orquestra da Rádio Bávara, regida por Mariss Jansons.

Kees Bakels é de Amsterdã, nascido em 1945, e começou a carreira como violinista. Já esteve à frente de diversos grupos de seu país e, como principal regente convidado da Bournemouth Symphony Orchestra, gravou as sinfonias de Ralph Vaughan Williams para a Naxos.

Parte desse programa será apresentada também no dia 5, dentro dos concertos matinais.