Roberto Minczuk é ovacionado na Sala São Paulo

por Redação CONCERTO 29/07/2011

Na noite desta quinta-feira, dia 28 de julho, o maestro Roberto Minczuk foi ovacionado pela plateia que lotou a Sala São Paulo, em um concerto com a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, e que teve como homenageado o irmão de Roberto, Arcádio Minczuk, que completou 30 anos como oboísta da Osesp [leia aqui].

 

Na primeira parte do programa, Arcádio foi o solista do Concertino para oboé e orquestra de cordas de Brenno Blauth e da Canzonetta de Samuel Barber. Já na segunda parte, Roberto Minczuk regeu a Osesp no Anel sem palavras, de Wagner/Maazel, e ao final da peça, os cerca de 1.500 espectadores aplaudiram de pé o maestro e a orquestra.

O concerto da Osesp com Arcádio e Roberto Minczuk acontece ainda nesta sexta-feira, dia 29, e no sábado na Sala São Paulo.

Roberto Minczuk, que foi diretor artístico adjunto, ao lado de John Neschling, durante a reestruturação da Osesp, deixou recentemente a direção artística da Orquestra Sinfônica Brasileira, permanecendo como regente titular. O fato se deu em decorrência da crise que envolve a demissão de 33 músicos da OSB que se recusaram a participar de uma polêmica avaliação de desempenho. Os músicos demitidos exigem, dentre outras coisas, a saída de Minczuk e a reintegração imediata aos antigos postos na orquestra.