Sala São Paulo 10 anos

por Redação CONCERTO 08/07/2009

No dia 9 de julho de 1999, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, sob regência do maestro John Neschling, inaugurava sua sede, a Sala São Paulo, considerada a melhor sala de concertos do Brasil, comparável às melhores do mundo. Na ocasião, a Osesp apresentou a Sinfonia nº 2, Ressurreição, de Mahler.

Iniciativa do governo do Estado de São Paulo - então dirigido por Mario Covas e tendo Marcos Mendonça como Secretário da Cultura - liderada pelo maestro John Neschling, a Sala São Paulo e sua orquestra transformaram a realidade musical do país. Hoje, o empreendimento Osesp-Sala São Paulo - principal conquista da música brasileira nesta geração - serve de paradigma para as ações do Estado na área da Cultura.

Sob regência de seu atual maestro o francês Yan Pascal Tortelier, a Osesp apresentará nesta quinta-feira, dia 9, a partir das 21h, um concerto de gala que comemora os dez anos de inauguração da Sala São Paulo. A récita tem obras de Poulenc, Villa-Lobos, Stravinsky e o Concerto nº 20 para piano de Mozart, que terá como solista a ótima Maria João Pires. O concerto conta ainda com a participação do Coro da Osesp e da soprano norteamericana Laura Claycomb.

[Consulte mais detalhes no Roteiro Musical.]

Este concerto especial será exibido pelo programa Clássicos, da TV Cultura, a partir das 23h10, na própria quinta-feira, dia 9. [Veja mais detalhes sobre a transmissão].