Sinfônica Brasileira traz jovem virtuose japonesa

por Redação CONCERTO 27/11/2009

No último concerto do mês, dia 28, às 16h, na Sala Cecília Meireles, a Orquestra Sinfônica Brasileira faz um concerto todo dedicado a obras de Beethoven (a Abertura Coriolano, o Concerto para piano nº 1 e a Sinfonia nº 6), será dirigido por James Judd, diretor artístico da Sinfônica da Nova Zelândia e regente principal da Orquestra Nacional de Lille, na França. O outro destaque é a jovem virtuose japonesa Aimi Kobayashi. Aimi iniciou os estudos de pianos aos dois anos de idade, e desde os seis tem conquistado prêmios em competições nacionais japonesas e também internacionais. Hoje com 14 anos, Aimi desenvolve uma carreira intensa, semelhante à de músicos profissionais, incluindo apresentações em diversos países como solista e recitalista. A OSB apresentará o mesmo programa na Série Safira, dia 29, a partir das 17h, na Sala São Paulo.