Steuerman, de Leon, Luiz Garcia e Del Claro interpretam Schumann e Chopin

por Redação CONCERTO 31/08/2010

O legado dos compositores Robert Schumann (1810-1856) e Fréderic Chopin (1810-1849), bem como sua notória influência na produção pianística brasileira desde seus primórdios, inspirou a série “Schumann, Chopin... e Brasil – Concertos de Câmara Promon 50 Anos”. Com curadoria de Sérgio Melardi, o ciclo tem sete apresentações até novembro, sempre às quartas-feiras no Cultura Artística - Itaim, em São Paulo. A realização é uma parceria entre a Interarte e a Sociedade de Cultura Artística.

 

No dia 1º de setembro um sofisticado quarteto formado por Jean Louis Steuerman (piano), Pablo de Leon (violino), Luiz Garcia (trompa) e Antonio Del Claro (violoncelo) interpreta obras dos dois compositores.

A proposta da série é contemplar a excelência do repertório dos homenageados – no ano que marca o bicentenário de ambos – e combiná-la a composições de autores brasileiros relacionados. Como intérpretes, estarão no palco artistas de diferentes gerações com projeção no cenário mundial, em colaboração com convidados internacionais. A série procura ainda aproximar artistas e público, com intervenções da jornalista Gioconda Bordon. A cada apresentação, ela conduz uma conversa informal com os músicos.

Após o concerto de abertura, dia 4 de agosto, com o pianista Caio Pagano, e a apresentação de Pablo Rossi e Emmanuele Baldini, “Schumann, Chopin... e Brasil” segue, neste mês, com a apresentação do dia 1º e com a apresentação, no dia 29, do pianista Gilberto Tinetti com a mezzo soprano Adriana Clis.