Texto sobre André Rieu na Revista CONCERTO divide opiniões nas mídias sociais

por Redação CONCERTO 10/05/2012

Menos de 48 horas após postado na página do Facebook “Revista CONCERTO”, o texto de Leonardo Martinelli, O falsificador, publicado originalmente na edição de maio da Revista CONCERTO, sobre o pop star da música André Rieu, rendeu discussões inflamadas, a favor e contra a opinião do colunista da CONCERTO.

 

O post na internet teve mais de 270 comentários e foi compartilhado mais de 400 vezes, tendo ainda inúmeros comentários feitos a partir destes compartilhamentos. As discussões, que chamaram a atenção do meio musical, foram muito além da qualidade do trabalho de Rieu e adentraram questões inerentes à arte, entretenimento, mercado, cultura, preconceito e educação. Ideias e teses se misturaram a ataques e defesas ao autor e ao violinista.

- “O mundinho erudito não permite que algumas pessoas levem a música, ou parte dela, para as grandes plateias.”

- “Sempre achei o Rieu o canastrão da música erudita, cafona até não mais poder, quem realmente conhece e aprecia música clássica não gosta dele.”

- “Ele é lindo e toca lindamente. Minha mãe ama ver e ouvir os CDs dele, quando ela está um pouco depressiva ela ouve e logo fica bem, de ver tanta alegria, tanta gente bonita.”

- “Sucesso nunca foi sinônimo de qualidade. E o fato de você conhecer Rieu e não conhecer o Martinelli não define absolutamente nada. Aliás, talvez fosse o caso de você reavaliar de quais fontes informativas está sorvendo seu conceito de gosto/arte/cultura.”

O resultado foi uma importante discussão que trouxe novos elementos e pontos de vista.

[Participe: “curta” a página da Revista CONCERTO no Facebook]

[Leia na íntegra o texto de Leonardo Martinelli, O falsificador]