Theatro Municipal do Rio de Janeiro estreia espetáculo “Trilogia Amazônica”

por Redação CONCERTO 01/08/2016

Após uma elogiada produção da ópera Orfeu e Eurídice, de Gluck, apresentada em julho, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro abre o mês de agosto com mais uma nova produção, agora do Balé do teatro. Trata-se de Trilogia amazônica, em que três coreógrafos criaram coreografias que têm como tema a natureza e utilizam a música de Villa-Lobos. De Luiz Fernando Bongiovanni é apresentada Erosão; de Daniela Cardim, Uirapuru; e, de Marcelo Gomes, Amazonas e alvorada na floresta tropical. O maestro Tobias Volkmann comanda a orquestra do teatro nas récitas, que ocorrem nos dias 3, 4, 6, 7, 11, 12, 13 e 14 de agosto.

 

Já nos dias 19 e 21, os solistas da Academia de Ópera Bidu Sayão apresentam a ópera em um ato Savitri, de Gustav Holst, acompanhados de músicos da sinfônica do teatro – o programa inclui ainda uma seleção de canções de compositores franceses, como Saint-Saëns, Chausson, Ravel e Poulenc. A orquestra tem ainda mais um compromisso, no dia 27, quando se une ao coro da casa para apresentar obras sacras de Verdi e Puccini: seleções das Quatro peças sacras e a Messa di gloria, respectivamente. A regência é de Jésus Figueiredo.

[Veja mais no Roteiro Musical]