Theatro Municipal lança amplo projeto de popularização da música clássica

por Redação CONCERTO 30/06/2015

Em coletiva de imprensa realizada no Theatro Municipal de São Paulo – com a presença do prefeito Fernando Haddad, dos secretários Nabil Bonduki (cultura), Gabriel Chalita (educação) e Jilmar Tatto (transportes), do diretor artístico do Theatro Municipal John Neschling e do diretor José Luiz Herencia – foi lançado nesta manhã o Municipal na Cidade. Trata-se de um projeto a ser realizado ao longo do segundo semestre, que promoverá mais de 130 apresentações gratuitas dos corpos estáveis do teatro em diversos espaços públicos, como terminais de ônibus, CEUs, igrejas, centros culturais, além da Praça das Artes e do próprio Theatro Municipal. “É um projeto de popularização e democratização da arte erudita”, disse o prefeito, que anunciou também, ainda para este ano, a criação de uma lei de fomento à música nos moldes do que já existe para o teatro e o cinema.

 

Jilmar Tatto realçou a importância de juntar esforços em projetos integrados das secretarias. Já Gabriel Chalita lembrou que o projeto Municipal na Cidade – que realizará diversos concertos para alunos e professores da rede pública – é um complemento ao Canta São Paulo, lançado há poucos dias, que prevê a manutenção de pelo menos um coro em cada escola pública da cidade. O secretário da Cultura Nabil Bonduki afirmou que o “unicipal na Cidade será integrado ao Circuito São Paulo de Cultura, que pretende articular todas as atividades da cidade facilitando um acesso maior da população aos bens culturais. “Estamos construindo uma cidade mais voltada para o cidadão, uma cidade mais voltada para a cultura”, afirmou.

O maestro John Neschling, por sua vez, disse que o projeto é mais um passo para a integração cada vez maior dos diversos corpos estáveis do Theatro Municipal. O maestro também apresentou números que apontam uma triplicação do público dos eventos do Theatro Municipal nos últimos anos.

Conforme o material divulgado, o Municipal na Cidade contará com a participação da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, Coro Lírico Municipal, Coral Paulistano Mário de Andrade, Orquestra Experimental de Repertório, Balé da Cidade de São Paulo, Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, Escola de Dança de São Paulo e Escola Municipal de Música, todos da Fundação Theatro Municipal de São Paulo. Entre as atividades destacam-se vinte intervenções dos grupos artísticos em cinco grandes terminais de ônibus (Parque Dom Pedro II, Capelinha, Pirituba, Cidade Tiradentes e Sacomã), em parceria com a Secretaria Municipal de Transportes e a SP-Trans.

O Municipal na Cidade inclui ainda sete apresentações em CEU’s, oito em Igrejas, oito na Galeria Olido e dois no Cemitério da Consolação. Com a Secretaria de Educação, o Municipal promoverá 59 concertos didáticos para alunos de escolas municipais e realizará ensaios abertos das de óperas para os professores e seus familiares.

O Theatro Municipal também terá concertos gratuitos da Orquestra Sinfônica Municipal; serão vinte apresentações na escadaria interna do teatro, com as portas abertas para a Praça Ramos de Azevedo. Além disso, a Orquestra Experimental de Repertório e o Coral Paulistano farão uma série informal intitulada Concertos de Jeans e Camiseta.

No próximo dia 4 de julho, também marcando o lançamento do Municipal na Cidade, o Theatro Municipal será palco de um concerto da Orquestra Sinfônica Municipal, para a Campanha do Agasalho, com um programa dedicado a Heitor Villa-Lobos com a participação do saxofonista Simon Diricq (mesmo concerto que a OSM apresenta no Festival de Campos do Jordão no dia seguinte, 5 de julho).

Clássicos Editorial Ltda. © 2015 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.