Um teatro para a Sinfônica de Campinas

por Redação CONCERTO 25/04/2012

Um movimento que nasceu nas redes sociais mobiliza músicos e amantes da música da cidade de Campinas e de todo o país. Trata-se de uma petição intitulada “Um teatro para a Sinfônica de Campinas”, de iniciativa do maestro João Maurício Galindo, que visa solicitar às autoridades campineiras uma solução para o problema que dura décadas.

 

Segundo Galindo, “a Sinfônica de Campinas é uma das mais importantes orquestras deste país, e talvez aquela que tenha a mais admirável história de relação com seu público. No momento ela está passando por uma fase difícil porque sua sede, o Auditório do Centro de Convivência Cultural de Campinas, foi fechado. Ela precisa, neste momento, do apoio de todos que puderem ajudar!”

A cidade de campinas viu em 1930 nascer um majestoso teatro de ópera, mais tarde chamado de Teatro Carlos Gomes, em homenagem ao compositor de óperas e mais famoso cidadão campineiro. O teatro, com capacidade para 1.300 lugares, foi demolido em circunstâncias controversas em 1965, durante o governo do prefeito Ruy Novaes, deixando uma grande lacuna no patrimônio histórico e cultural da cidade. Desde então, Campinas e sua orquestra sinfônica aguardam uma ação da esfera pública para devolver à cidade um teatro à altura de sua história musical.

A petição pública pode ser acessada e assinada pela internet (clique no link abaixo):
Um teatro para a Sinfônica de Campinas