Virtuose russo toca na Sala São Paulo

por Redação CONCERTO 20/10/2009

O virtuose russo do piano Arcadi Volodos volta ao Brasil neste mês para apresentações em São Paulo (dias 20 e 21, dentro da temporada de Sociedade de Cultura Artística) e no Rio de Janeiro. Nascido em São Petersburgo em 1972, Volodos estudou também canto e regência, dedicando-se exclusivamente ao piano somente aos 16 anos. Estudou com Galina Egiazarova no Conservatório de Moscou, além de ser orientado também por Jacques Rouvier, em Paris, e Dimitri Bashkirov, na Escola Superior de Música Rainha Sofia de Madri.

Porém sua vida profissional como pianista começou de forma inusual. Durante uma festa em casa de amigos na França, Volodos sentou-se ao piano e interpretou peças de extrema dificuldade. Entre os convidados estava um executivo da Sony que imediatamente convidou o pianista a gravar um CD. “Um novo Horowitz!”, proclamou a revista alemã Der Spiegel ao comentar o virtuosismo mostrado pelo artista nesse disco de estreia. O disco foi sucesso imediato e em pouco tempo Volodos conquistou público e crítica.

Apontado por muitos como um “gênio do teclado”, Arcadi Volodos é sem dúvida um dos maiores pianistas da atualidade. Sua impressionante destreza pianística e ousada imaginação musical conduziram-no ao encontro de importantes regentes e orquestras. Desde a sua estreia em Nova York, em 1996, realiza recitais pelo mundo afora e sola com as filarmônicas de Berlim, Israel, Londres e Nova Iorque, além das sinfônicas de Boston, Chicago e São Francisco. Com uma agenda intensa, o pianista segue encantando as plateias e surpreendendo a crítica especializada com sua técnica suprema e soberba inspiração. Suas gravações receberam numerosos prêmios internacionais, entre os quais o Gramophone Award em 1999 e diversas indicações para o Grammy.

Nos recitais que faz dias 20 e 21, na Sala São Paulo, Arcadi Volodos interpreta obras de Scriabin, Ravel, Albéniz e Liszt.

[Clique aqui para mais detalhes do Roteiro Musical.]