Cappella Mediterranea apresenta "Orfeo", de Monteverdi, na Sala São Paulo

por Redação CONCERTO 10/11/2017

A Cultura Artística encerra sua programação deste ano com dois concertos, nos dias 13 e 14, da Cappella Mediterranea e do Coro de Câmara de Namur. Os dois conjuntos trabalham sob o comando do cravista e maestro argentino Leonardo García Alarcón e têm se dedicado à investigação do repertório e de práticas de execução do barroco latino.

Em São Paulo, a escolha de repertório contempla duas obras dramáticas do século XVII. No dia 13, a atração é o Orfeo, de Monteverdi, obra que consolida o gênero operístico, dando a ele riqueza e diversidade na combinação de texto, teatro e música, característica que pautaria o trabalho dos compositores que viriam depois dele.

Já no dia 14, será interpretado Il Diluvio universale, em que Michelangelo Falvetti reconta a história bíblica de Noé e do dilúvio enviado por Deus para punir a humanidade por seus pecados. A obra, pouco conhecida, é marcada por uma combinação sensível e profunda entre texto e música.

O grupo também se apresenta no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, no dia 12, pela série da Dell’Arte.

[Veja mais no Roteiro Musical]