A “flauta mágica”, de Mozart, ganha nova produção no Theatro Municipal de São Paulo

por Redação CONCERTO 15/12/2017

Uma produção de A flauta mágica, de Mozart, sobe ao palco do Theatro Municipal de São Paulo em dezembro. A direção cênica é de André Heller-Lopes, diretor artístico do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, e a regência, do titular da Orquestra Sinfônica Municipal, Roberto Minczuk.

A flauta mágica, estreada em 1791, é uma das últimas obras de Mozart, escrita nos moldes do Singspiel, estilo de espetáculo em que números musicais são intercalados por diálogos falados. Seu enredo trata do embate entre a virtude e o mal, e a partitura, assim como o texto, estão repletos de simbolismos, alguns deles ligados à maçonaria.

As récitas acontecem nos dias 15, 16, 17, 19, 20 e 21 de dezembro. No elenco, estão artistas como as sopranos Gabriella Pace e Laryssa Alvarazi, a mezzo soprano Luisa Francesconi, os tenores Luciano Botelho e Giovanni Tristacci e o baixo Sávio Sperandio.

[Veja mais no Roteiro Musical]