Banner 468x60
Banner 180x60
Bom dia.
Terça-Feira, 24 de Outubro de 2017.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


 

Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes

 
 

Votação encerrada


Ópera “Rigoletto”, de Verdi (Fundação Clóvis Salvado, Belo Horizonte)
Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, Coral Lírico de Minas Gerais e Cia. de Dança Sesiminas
Marcelo Ramos, direção musical e regência
André Heller-Lopes, direção cênica
Com Devid Cecconi/Rodolfo Giugliani (Rigoletto); Giovanni Tristacci/Jean Nardodo (Duque de Mântua); e Gabriela Pace/Lina Mendes (Gilda)
Palácio das Artes, BH, dias 18, 19, 21, 25, 26 e 29
   
Número de votantes: 33
Média: 8,3
Conceito:
   
Comentários:  
Eduardo Wense Dias Gostei muito do cenário, figurinos e da direção cênica. O barítono Devid Cecconi foi excelente. Bom também o trabalho do regente e da orquestra.
   
Paulo Carazza Adorei! Tudo lindo. Cenário, figurino e iluminação. O musical é uma questão a parte. A orquestra em perfeita sintonia e equilíbrio com os cantores. Bravo ao Maestro Marcelo Ramos. Bravi tutti!
   
Cassio Meirelles Ótima montagem ! Assisti a récita no dia 21. Simplesmente maravilhado! Tive o prazer de assistir com os excelentes Rodolfo Giugliani , a encantadora Lina Mendes , Jean Nardoto , Denise de Freitas e grande elenco, todos afinadíssimos , bem entrosados !!! Parabéns a toda equipe. Gostei muito do cenário, figurinos e da direção cênica. Parabéns ao maestro Marcelo Ramos pelo equilíbrio com a orquestra e solistas!
   
Bárbara Mello Assisti dia 25 com minha família e amigos e saimos do Palácio emocionados com o que vimos e ouvimos!Lindo demais!!! Cenário , figurinos, iluminação , direção cênica , orquestra, maestro !!! E os solistas então... Parabéns aos solistas Rodolfo Giugliani, (voz maravilhosa, cena incrivel) , Lina Mendes (talentosíssima em cena e dona de uma belíssima voz), Jean Nardoto ( linda voz , presença)e aos demais cantores, todos em completa sintonia !Realmente um belissimo espetáculo
   
Antonio Henrique Compareci à récita do dia 25. Estava tudo muito bom, cenário, figurino e iluminação. Mas para mim o destaque maior se deu não aos solistas, mas ao Coro (que se constituiu pelo Coro Masculino do Coral lirico de Minas Gerais). Uma sonoridade equilibrada, afinada, precisa ritmicamente e, sobretudo, bem pronunciada e projetada, realizando corretamente todas as articulações e dinâmicas necessárias à perfeita veiculação das idéias. Fiquei positivamente surpreso e ansioso para prestigiar outras apresentações do Coral e também de outros títulos verdianos. Espero que hajam bem mais óperas no próximo ano!!
   
DANIEL LUIZ MAGALHÃES SOUZA Simplesmente, sensacional. Essa ópera foi a primeira que conheci, quando tinha 15 anos e de tanto que gostei, decidi estudar canto. Assisti-la ao vivo e com uma performance extraordinária, me encheu de alegria e entusiasmo para seguir estudando canto. Parabéns a todos. Excepcional o espetáculo.
   
   

voto           voto



< Mês Anterior Outubro 2017 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4
 

 
São Paulo:

27/10/2017 - Antonio Meneses - violoncelo

Rio de Janeiro:
25/10/2017 - XXII Bienal de Música Brasileira Contemporânea

Outras Cidades:
25/10/2017 - Curitiba, PR - III Festival de Ópera do Paraná
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2017 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046