Banner 468x60
Banner 180x60
Bom dia.
Domingo, 24 de Junho de 2018.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes

 

 
 
 
Diálogo (18/9/2008)
Por João Luiz Sampaio

"Seria tão lindo se tentássemos superar toda essa política que nos separa, nos dispersa, todas essas burocracias que nos impedem de produzirmos juntos, São Paulo, Manaus, Rio, Belo Horizonte, Salvador, Curitiba, Brasília" (...)

O trecho acima foi retirado de um e-mail, endereçado a algumas pessoas, no qual um diretor brasileiro escrevia algumas considerações sobre ópera em nossas terras. Não conto o santo, mas os milagres de sua mensagem - e da resposta que ela originou por parte de um de nossos mais destacados maestros - merecem registro.

Continua o diretor: "Sei que pareço um pouco romântico, utópico e ingênuo mas estou em estado de graça. Acabo de voltar de 12 dia em Salzburg onde tive o privilégio de  respirar o ar sagrado dos templos da música. Estar 24 horas por dia no meio de amantes da música e da ópera, de fiéis que lembram, comparam, esperam, lutam, choram , brigam, vaiam, sonham e... fazem. De maneira espetacularmente excelente. Claro, existem polêmicas. (...) O fato é que tudo ali é possível - e não somente por terem dinheiro, mas sim por continuar uma história, por terem algo a dizer, a perpetuar e repertoriar, a comparar, a superar... No último dia, o Markus Hinterhauser, diretor musical do festival e figura polêmica e adorada, me disse: 'estou exausto, melancólico, a beira das lágrimas de felicidade e de emoção, satisfeito mas... me falta conhecer o Brasil. Deve ser maravilhoso trabalhar lá'. Meu queixo caiu. Ele deve ter razão. E vamos conseguir."

Responde, então, o maestro: "É muito bom ouvir você falar assim. Sabe que eu sempre acreditei que um dia conseguiremos sim construir nossa identidade? Porque talento não nos falta. Enquanto nossa política cultural ficar na mão de políticos e de gente (até de artistas) que só pensa em mandatos, vamos sofrer sempre esse tipo de problemas. Nós somos um povo 'simpático', mas extremamente não solidário, sem nenhuma noção de cidadania, de consciência coletiva ou de noção do que é uma instituição. Somos um povo egoísta, extremamente individualista. Por isso que nunca conseguimos história, ou tradição. O umbigo está à frente do todo. As pessoas falam de 'minha administração', 'meu teatro', 'minha orquestra', 'quando eu estive lá', 'se eu estivesse lá as coisas seriam diferentes'.  E, por isso, nunca teremos a noção de povo, de grupo, de continuação. Será sempre o fulano, ministro, secretário ou diretor do teatro, e não O Ministério da Cultura, A Secretaria da Cultura ou o Teatro Y .Você assistiu ao festival de Salzburg, não ao festival do Hinterhauser. E essa é a diferença."

A excitação perante a obra de arte, o prazer de ter contato com interpretações diferentes, a chance de desenvolver talentos, a paixão pela ópera; os entraves à produção artística coerente e consistente, o trauma da personalização das iniciativas, por isso mesmo nunca perenes... O diálogo parou por aí. Podia ter continuado. No entanto, em poucas linhas, estava traçado um retrato bastante completo da ópera brasileira. O nome dos santos eu não divulgo por respeito à privacidade das mensagens. Mas que eles mereciam ser mais ouvidos, disso não há dúvida.





João Luiz Sampaio - é editor executivo da Revista CONCERTO e colaborador do jornal O Estado de S. Paulo

Mais Textos

Auf Wiedersehen, Sir Rattle Por Leonardo Martinelli (22/6/2018)
Com Richard Strauss, ópera segue bem em 2018 no Municipal de São Paulo Por Nelson Rubens Kunze (19/6/2018)
Julia Lezhneva: Triunfo barroco na Sala São Paulo Por Irineu Franco Perpetuo (12/6/2018)
Movimento Violão, 15 anos de atividades eternizadas num lançamento de fôlego Por Camila Frésca (4/6/2018)
Dois elencos, duas Traviatas Por Jorge Coli (28/5/2018)
Uma grande surpresa e um grande concerto para piano Por João Marcos Coelho (25/5/2018)
Suisse Romande: Master class na Sala São Paulo Por Irineu Franco Perpetuo (15/5/2018)
Um matrimônio espirituoso, vivo e musical Por Jorge Coli (8/5/2018)
“Fausto” é novo marco artístico do Festival Amazonas de Ópera Por Nelson Rubens Kunze (7/5/2018)
Clássico em terreno popular: o encantador recital de Cristian Budu na série “Tupinambach” Por Camila Frésca (3/5/2018)
Um "Faust" digno dos grandes teatros internacionais Por Jorge Coli (2/5/2018)
Cristian, Jamil e OER empolgam o Municipal lotado Por Irineu Franco Perpetuo (30/4/2018)
Verdi futurista aterrissa no Theatro Municipal do Rio Por Nelson Rubens Kunze (30/4/2018)
Ótima "Traviata" estreia em Belo Horizonte Por Nelson Rubens Kunze (27/4/2018)
A Camerata Romeu e a reinvenção da música Por João Marcos Coelho (26/4/2018)
Primeira escuta: Ronaldo Miranda estreia obra com a Osesp Por Nelson Rubens Kunze (25/4/2018)
Oito olhos azuis e muita música Por Jorge Coli (19/4/2018)
‘Missa’ de Bernstein é destaque no Theatro Municipal de São Paulo Por Nelson Rubens Kunze (10/4/2018)
“O Corego” e os primórdios da representação operística Por Camila Frésca (6/4/2018)
Natalie Dessay: uma expressão que transcende as palavras Por Irineu Franco Perpetuo (5/4/2018)
Os Músicos de Capella fazem primorosa ‘Paixão’ de Bach Por Nelson Rubens Kunze (29/3/2018)
A música não mente Por João Marcos Coelho (27/3/2018)
Enfim, uma sede para a Ospa! Por Nelson Rubens Kunze (26/3/2018)
A Osesp, Villa-Lobos e o “voo de galinha” Por João Marcos Coelho (23/3/2018)
Jan Lisiecki: para uma temporada de austeridade, um pianista nada austero Por Irineu Franco Perpetuo (14/3/2018)
“Lo Schiavo” em Campinas: encantamento e melancolia Por Jorge Coli (12/3/2018)
 
Ver todos os textos anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Junho 2018 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
 

 
São Paulo:

26/6/2018 - Geneva Camerata e Pieter Wispelwey - violoncelo

Rio de Janeiro:
24/6/2018 - Ópera A flauta mágica, de Mozart

Outras Cidades:
25/6/2018 - Belo Horizonte, MG - Ars Nova - Coral da UFMG
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2018 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046