Banner 468x60
Banner 180x60
Bom dia.
Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


 

 

Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes

 

 
 
 
Jovens músicos e bailarinos mostram seu talento no Theatro Municipal de São Paulo (12/11/2014)
Por Camila Frésca

No último final de semana, um espetáculo no Theatro Municipal marcou os 45 anos de criação da Escola Municipal de Música de São Paulo. Fundada por Olivier Toni, a instituição tem uma importância fundamental na vida musical da cidade e por ela já passaram nomes como Roberto Minczuk, Alex Klein, Cláudio Cruz e Nicolau de Figueiredo.

Ao longo de sua existência, ela ocupou diversos espaços da cidade – alguns bastante precários – até ganhar sua sede, na Praça das Artes, em 2012. Com dezenas de cursos de instrumentos que duram entre quatro e doze anos, a Escola Municipal também oferece aulas de harmonia, contraponto, história da música etc., e mantém grupos para a prática de seus alunos: a Orquestra Jovem Municipal, conjuntos de percussão e música antiga, coros infantil e adulto e uma big band.

Uma parte expressiva desses grupos apresentou-se nos dias 8 e 9 de novembro, e um dado a mais colaborou para enriquecer o espetáculo: a interação entre os alunos da Escola de Música e os da Escola de Dança. Ambas as instituições são administradas pela Fundação Theatro Municipal de São Paulo e, se a Escola de Música comemora seus 45 anos, a de dança se prepara para celebrar, em 2015, nada menos do que 85!


Jovens bailarinos participaram da comemoração de 45 anos da Escola Municipal de Música [foto: divulgação]

Fundada em 1940 como Escola Municipal de Bailado sob a direção de Vaslav Veltchek, a Escola de Dança é uma das pouquíssimas instituições a oferecer formação gratuita em dança na cidade. A qualidade dessa formação ficou evidente nas apresentações dos jovens bailarinos, que surpreenderam àqueles que esperavam acompanhar apenas os estudantes de música: foram apresentadas coreografias com música interpretada ao vivo pelos conjuntos.

A boa notícia é que essa interação entre os diversos grupos de formação do Theatro Municipal tende a se intensificar graças à criação, neste ano, da Diretoria de Formação do TMSP, capitaneada pelo compositor Leonardo Martinelli. Ainda este mês, nos dias 26 e 27, acontecem outras apresentações dos alunos da Escola de Dança na Praça das Artes.

Já para os que sonham estudar música, a dica são as inscrições abertas a novos alunos para os cursos de 2015 da Escola Municipal de Música. Entre os dias 10 e 17, é possível se inscrever para vagas de canto, piano, cravo, violão, flauta, violino, viola, violoncelo, contrabaixo, oboé, clarinete, sax, fagote, trompete, trompa, trombone, eufônio, tuba, harpa e percussão. As instruções para inscrição encontram-se no site do teatro.

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.





Camila Frésca - é jornalista e doutoranda em musicologia pela ECA-USP. É autora do livro "Uma extraordinária revelação de arte: Flausino Vale e o violino brasileiro" (Annablume, 2010).

Mais Textos

A goleada da Argentina (e nem precisaram do Messi) Por Nelson Rubens Kunze (8/12/2017)
Uma grande e despretensiosa sátira Por João Luiz Sampaio (8/12/2017)
Museu virtual reúne milhares de instrumentos de coleções britânicas Por Camila Frésca (4/12/2017)
Karnal, a Osesp e o governador Por Nelson Rubens Kunze (24/11/2017)
Quem não trafega nas redes sociais se trumbica Por João Marcos Coelho (24/11/2017)
Budu e Hilsdorf: nasce um duo Por Irineu Franco Perpetuo (14/11/2017)
Três óperas Por Jorge Coli (7/11/2017)
Convocação de OSs para Emesp, Guri e Conservatório de Tatuí reforça torniquete financeiro do governo Por Nelson Rubens Kunze (3/11/2017)
Para onde nos levará a onda de censura no país? Por João Marcos Coelho (31/10/2017)
Os quartetos de cordas e a reavaliação da obra de Villa-Lobos Por Camila Frésca (30/10/2017)
O Brahms profundo e espontâneo de Nelson Freire Por Irineu Franco Perpetuo (25/10/2017)
Primeiras impressões sobre a temporada da Osesp Por João Marcos Coelho (29/9/2017)
“Tosca” tem montagem competente no Rio de Janeiro Por Nelson Rubens Kunze (28/9/2017)
Refinamento e inventividade em “Brazilian Landscapes” Por Camila Frésca (28/9/2017)
Um “Nabucco” problemático no Theatro Municipal de São Paulo Por João Luiz Sampaio (26/9/2017)
Na estreia com a Osesp, Leonardo Hilsdorf encanta a Sala São Paulo Por Irineu Franco Perpetuo (22/9/2017)
Festival de Ópera do Theatro da Paz faz bom “Don Giovanni” Por Nelson Rubens Kunze (19/9/2017)
Penderecki e Szymanowski: uma noite musical maior Por Jorge Coli (18/9/2017)
Novo fôlego para a ópera no RS Por Everton Cardoso (8/9/2017)
Wagner de boa qualidade, mas sem lirismo e vigor dramático Por Jorge Coli (4/9/2017)
Finalmente Dudamel “suja” mãos e batuta com a “política” Por João Marcos Coelho (24/8/2017)
Dobradinha “Pulcinella & Arlecchino” tem boa realização no Theatro São Pedro Por Nelson Rubens Kunze (23/8/2017)
O bel canto colorido e expressivo de Javier Camarena Por Irineu Franco Perpetuo (10/8/2017)
Osesp faz belo concerto com programa raro Por Jorge Coli (9/8/2017)
Terceira edição do Festival Vermelhos consolida projeto cultural em Ilhabela Por Camila Frésca (8/8/2017)
Em busca da música Por João Marcos Coelho (28/7/2017)
 
Ver todos os textos anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Dezembro 2017 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6
 

 
São Paulo:

19/12/2017 - Ópera A flauta mágica, de Mozart

Rio de Janeiro:
16/12/2017 - Linda Bustani - piano

Outras Cidades:
22/12/2017 - Goiânia, GO - Ópera Carmen, de Bizet
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2017 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046